Últimas Notícias
Geral
Retrospectiva 2021: confira as principais notícias de maio

Por Agência Brasil

Retrospectiva 2021: confira as principais notícias de maio

Crédito: Divulgação/Internet

Retrospectiva 2021: confira as principais notícias de maio

O mês de maio começou com uma notícia que foi um alento para o combate à pandemia de covid-19. Um estudo liderado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) mostrou que

Também no dia 4, a Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou por homicídio duplamente qualificado o vereador Jairo Souza Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho, e a professora Monique Medeiros, padrasto e mãe de Henry Borel, de 4 anos, morto no dia 8 de março devido a uma hemorragia provocada por ação violenta.

Dr. Jairinho, namorado de Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe do menino Henry Borel, deixa a Delegacia de Polícia da Barra da Tijuca(16ªDP), após prestar depoimento sobre a morte do menido de 4 anos.

Dr. Jairinho, namorado de Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe do menino Henry Borel - Tânia Rêgo/Agência Brasil

Também no mês de maio, a juíza do 3º Tribunal do Júri de Niterói, Nearis dos Santos Carvalho Arce, decidiu que a deputada federal Flordelis, acusada de ter assassinado o próprio marido, Anderson do Carmo, irá a júri popular. A juíza também decidiu manter a prisão de todos os acusados de envolvimento no crime.

Operação na favela do Jacarezinho

Uma operação policial realizada na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, terminou com a morte de 25 pessoas, entre elas um policial civil. Batizada de Exceptis, a ação tinha o objetivo de combater grupos armados de traficantes de drogas que estariam aliciando crianças para o crime. A polícia negou as acusações e disse que as mortes ocorreram devido ao confronto com os criminosos. A Organização das Nações Unidas (ONU) pediu para o Ministério Público que realizasse uma investigação independente, completa e imparcial dos fatos.

Política: assume novo governador do Rio

Um dia após o impeachment do então governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o vice Claudio Castro assumiu o governo. Em seu discurso, Castro  prometeu reconstruir o estado com austeridade nas contas públicas, recuperar a confiança dos investidores, gerar empregos, lutar contra a fome e a covid-19 e reduzir índices de violência.do estado.

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, durante evento de posse no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, durante evento de posse no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, no Rio de Janeiro. - Tomaz Silva/Agência Brasil