Últimas Notícias
Geral
EBC promove Encontro da Rede Nacional de Comunicação Pública 2021

Por Agência Brasil

EBC promove Encontro da Rede Nacional de Comunicação Pública 2021

Crédito: Divulgação/Internet

EBC promove Encontro da Rede Nacional de Comunicação Pública 2021

Nos dias 24 e 25 de novembro, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) promove o Encontro da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP) de TV e Rádio. Esta é a segunda edição do evento, que ocorre em Brasília e reunirá cerca de 60 instituições, entre emissoras de televisão e rádio. O evento proporciona a discussão de estratégias de fortalecimento da RNCP, a troca de experiências entre as afiliadas e debates sobre conteúdo, programação e suporte em estrutura e tecnologia.

O objetivo do encontro é aproximar ainda mais a EBC de suas parceiras, apresentar produtos da TV Brasil e das Rádios Nacional e MEC, além de estimular o envio de produções locais pelas emissoras, resultando na ampliação do conteúdo regional que é veiculado para todo o país. A RNCP possibilita ainda aumentar não só o sinal, mas também a audiência de seus veículos por meio de programas federais do Ministério das Comunicações, como o Digitaliza Brasil, e da faixa estendida em FM.

Para o presidente da EBC, Glen Valente, o evento possibilitará a integração entre os participantes com reflexos positivos tanto para a EBC como para as emissoras de televisão e rádio.  “A ideia é priorizar o alinhamento de várias estratégias com as afiliadas, como a consolidação de uma programação de qualidade, integrando conteúdos regionais ao nacional com foco em programas que atendam às demandas do público.”

Glen Valente destaca que em 2022, com a cooperação da RNCP, a intenção é dar continuidade à expansão das faixas estendidas em FM para transmissão das rádios e enviar o sinal da TV Brasil a mais capitais e municípios.

Atualmente, a afiliação à RNCP é firmada por meio de contratos e acordos de cooperação nos quais as emissoras se comprometem a transmitir a programação da EBC e a participarem de coberturas especiais. Em contrapartida, a EBC auxilia as emissoras em processos de outorga de canais, disponibiliza suporte técnico, capacitação e cessão de equipamentos.

Até o ano de 2023, a EBC tem como objetivo chegar a cada capital brasileira com uma emissora afiliada de rádio e TV. Atualmente, a rede está presente em todas as regiões do país com emissoras de rádio em 16 estados e com canais de TV em 23.

Para o diretor-geral, Roni Baksys, a aproximação e a troca de experiências com as emissoras parceiras são estratégicas para a EBC e para a difusão pública. “Esse momento é fundamental para a regionalização do conteúdo da EBC e para a ampliação do alcance do nosso sinal, garantindo ainda mais audiência para os nossos veículos e para os integrantes da Rede Nacional de Comunicação Pública”.

Na abertura do evento, em 24 de novembro, serão apresentados os resultados dos veículos da EBC, o balanço das ações da RNCP em 2020/2021 e as perspectivas para 2022, os novos canais multiprogramados, audiência e oportunidades das parcerias, a grade de programação especial de Verão da TV Brasil, a nova grade de programação das rádios Nacional e MEC e o plano de comunicação e estratégias digitais para a RNCP.

O segundo dia, 25 de novembro, será voltado para debate segmentado de rádio e TV, quando as afiliadas se reunirão com seus equivalentes de todo o país, para apresentar projetos, objetivos e necessidades, além de debate sobre a estrutura, conteúdos e fortalecimento da Rede Nacional de Comunicação Pública de TV e Rádio. Após o término do evento, os participantes realizarão uma visita guiada às instalações da sede da empresa, seguida de reuniões com os principais representantes das diretorias da EBC.