Últimas Notícias
Saúde
São Paulo tem esquema especial de vacinação no feriado

Por Agência Brasil

Rio promove o Dia D da Campanha de Multivacinação em crianças e adolescentes.

Crédito: Tomaz Silva/Agência Brasil

Rio promove o Dia D da Campanha de Multivacinação em crianças e adolescentes.

A vacinação contra a covid-19 na capital paulista ocorrerá em esquema especial neste feriado prolongado de Finados. Neste sábado (30), quem quiser tomar a primeira, a segunda ou a dose adicional deve procurar um dos 82 postos da Assistência Médica Ambulatorial (AMA) - Unidade Básica de Saúde (UBS) Integrados. O funcionamento será até as 19h. 

Também será possível se vacinar em um dos 19 mega postos espalhados pela cidade. 

A prefeitura orienta que para saber as condições de funcionamento e as filas em cada local de vacinação, os interessados acessem o site De Olho na Fila antes de sair de casa.

Amanhã (31), duas farmácias parceiras estarão aplicando vacinas na Avenida Paulista, nos números 2.371 e 266, das 8h às 16h. Haverá aplicação ainda em sete parques da cidade, das 8h às 17h. 

Na segunda-feira (1º) e terça-feira (2), as AMA/UBS Integradas vão funcionar das 7h às 19h.

O que abre e fecha

Dos equipamentos de saúde municipais, estarão funcionando de forma ininterrupta no feriado os hospitais e prontos-socorros, Hospitais Dia 24h, AMA 24h, unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Centro de Atenção Psicossocial (Caps) AD IV Redenção e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Funcionarão parcialmente o AMA 12h e as AMAs/UBSs Integradas, das 7h às 19h, hoje, 1 e 2 de novembro; os Caps III que atendem 24h funcionarão apenas com demandas internas, sem abertura ao público; Hospitais Dia atendem normalmente na segunda (1º) e fecham ao público na terça (2). 

Quem precisar de hospitais veterinários, as unidades das zonas norte, leste e sul funcionarão no dia 1º de novembro para atendimento às urgências e emergências e estarão fechados no feriado de 2 de novembro.

Estarão fechados nos dias 1º e 2 de novembro: UBSs; Ambulatórios de Especialidade (AE); Caps II; Unidades de Vigilância em Saúde (Uvis); e Unidades Especializadas em Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/Aids