Últimas Notícias
Saúde
Covid-19: pandemia gerou 538,9 mil mortes e 19,2 milhões de casos

Por Agência Brasil

Passageiros com máscaras no vagão da linha 4 do metrô

Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

Passageiros com máscaras no vagão da linha 4 do metrô

A pandemia do novo coronavírus provocou, até o momento, 538.942 mortes. Em 24 horas, as autoridades de saúde registraram 1.548 novos óbitos. O número de pessoas que pegaram covid-19 chegou a 19.262.518. Entre ontem e hoje, as secretarias estaduais de Saúde confirmaram 52.789 novos casos da doença, segundo o painel do Ministério da Saúde.

O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 somou 17.917.189.

Ainda há 806.387 casos em acompanhamento. O nome é dado para pessoas cuja condição de saúde é observada por equipes de saúde e que ainda podem evoluir para diferentes quadros, inclusive graves. Nas últimas duas semanas esse índice vem caindo progressivamente.

Os novos dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde divulgada nesta quinta-feira (15), que consolida informações levantadas pelas secretarias estaduais de Saúde.

Estados

O balanço diário do Ministério da Saúde também traz os dados por estado. No alto do ranking de mais mortes por covid-19 estão São Paulo (133.901), Rio de Janeiro (57.252), Minas Gerais (48.513), Paraná (33.337) e Rio Grande do Sul (32.500).

Na ponta de baixo estão Acre (1.774), Roraima (1.797), Amapá (1.876), Tocantins (3.375) e Alagoas (5.594).

Vacinação

Conforme o Ministério da Saúde, até o momento foram distribuídas 153,2 milhões de doses aos estados, tendo sido entregues 143,9 milhões. Segundo a pasta, 9,2 milhões foram enviadas e estão em processo de distribuição;

Considerando as informações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e dos levantamentos de cada secretaria estadual de Saúde, foram aplicadas 119 milhões de doses, sendo 86,6 milhões da 1ª dose e 32,3 milhões da 2ª dose e dose única.

Quando consideradas somente as doses registradas no sistema do PNI, foram aplicadas 112,9 milhões, sendo 82 milhões da 1ª dose e 30,8 milhões da 2ª dose e dose única. Foram aplicadas e ainda aguardam registro 6 milhões de doses, sendo 4,4 milhões de vacinados com a primeira dose e 1,4 milhão de vacinados com a segunda dose e dose única.