Últimas Notícias
Esportes
Vôlei de Praia: Brasil já sabe quem serão seus adversários em Tóquio

Por Agência Brasil

Vôlei de Praia: Brasil já sabe quem serão seus adversários em Tóquio

Crédito: Divulgação/Internet

Vôlei de Praia: Brasil já sabe quem serão seus adversários em Tóquio

O Brasil conheceu nesta segunda-feira (5) seus primeiros adversários nas disputas do vôlei de praia na Olimpíada de Tóquio (Japão). Pelo sorteio realizado pela manhã, em Moscou (Rússia), três das quatros duplas nacionais serão cabeças de chave: Ágatha/Duda (Grupo C) e Ana Patrícia/Rebecca (Grupo D),  e na disputa masculinas Alison/Álvaro Filho (Grupo D). Os parceiros e Evandro/Bruno Schmidt caíram na chave E (Polônia, Chile e Marrocos). 

As adversárias de Ágatha e Duda no Grupo C serão Bansley/Brandie (Canadá), Wang/Xia (China) e Gallay/Pereyra (Argentina). Na Grupo D, as cabeças de chave Ana Patrícia/Rebecca terão pela frente Claes/Spencil (EUA), Kravcenoka/Graudina (Letônia) e Makokha/Khadambi (Marrocos).

Ágatha e Duda - etapa do circuito mundial de vôlei de praia - República Tcheca

Já na competição masculina, Alison/Álvaro Filho enfrentarão no grupo D Brouwer/Meeuwsen (Holanda), Lucena/ Dalhausser e Azaad/Capogrosso (Argentina). Por fim, Evandro/Bruno Schimidt competirão na chave E com Fijalek/Bryl (Polônia), Marco Grimalt/Esteban Grimalt (Chile) e Elgraoui/Abisha (Marrocos).

Do total de 24 duplas que iniciarão a disputa em Tóquio em 24 de julho, avançam direto às oitavas de final as duas primeiras colocadas em cada chave (serão ao todo seis). Além delas, também se classificarão as duas melhores terceiras colocadas. Haverá ainda repescagem entre o restante das terceiras colocadas e a dupla que vencer também garantirá presença nas oitavas.

Rebecca e Ana Patricia conquistaram Superpraia em 2019.

Nos últimos 25 anos, o Brasil sempre subiu ao pódio em Olimpíadas. No feminino, o pais conquistou um ouro, três pratas e dois bronzes. Na disputa masculina, foram mais dois ouros, duas pratas e um bronze. Confira abaixo quem foram os medalhistas: :

Atlanta (EUA) - 1996 -  Jacqueline Silva/Sandra Pires (ouro) e Mônica Rodrigues/Adriana Samuel (prata);

Sidney (Austrália) - 2000 - Adriana Behar/Shelda Bedê (prata), e Adriana Samuel/Sandra Pires (bronze);

Atenas (Grécia) -2004 - Ricardo Santos/Emanuel Rego (ouro);

Pequim (China) - 2008 - Márcio Araújo/Fábio Luís Magalhães (prata) e Ricardo Santos/Emanuel Rego (bronze);

Londres (Inglaterra) - 2012 - Alison/Bruno Schmidt (ouro)  Juliana Siva/Larissa França (bronze);

Rio (Brasil) - 2016 - Alison/Bruno Schmidt (ouro) e Ágatha/Bárbara Seixas (prata).