Últimas Notícias
Saúde
Prefeitura de SP entrega mais três usinas de oxigênio na capital

Por Agência Brasil

cilindros de oxigênio

Crédito: Ministério da Saúde

cilindros de oxigênio

A prefeitura de São Paulo informou que irá concluir até o final do dia de hoje (7) a instalação de mais três usinas de oxigênio na capital paulista: duas nas unidades de assistência médica ambulatorial (Ama) de Sapopemba e José Pires, na Zona Leste, e uma na unidade de pronto atendimento (UPA) Vila Mariana, na Zona Sul.

Com a entrega das três usinas, São Paulo passa a contar com 19 usinas de oxigênio instaladas pela prefeitura após o início da pandemia de covid-19. Segundo o secretário de Saúde da capital, Edson Aparecido, com os novos equipamentos, o município poderá aumentar o número de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI).

“Com essas 19 miniusinas, teremos a capacidade para ampliar, até o dia 20 de junho, a abertura de mais 250 leitos de UTI aqui na cidade”, destacou.

Segundo a prefeitura, os geradores, juntos, terão capacidade para produzir diariamente 9 mil metros cúbicos de gás oxigênio, o equivalente a 900 cilindros por dia. Foram investidos pela administração municipal R$ 9,5 milhões na aquisição e implantação das 19 usinas. A estimativa é uma economia de R$ 250 mil mensais para os cofres públicos.