Últimas Notícias
Saúde
Rio de Janeiro permanece com risco moderado para covid-19

Por Agência Brasil

 Praia da Barra da Tijuca durante o decreto da Prefeitura que determinou a parada emergencial de serviços não essenciais para conter a pandemia da covid-19

Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil; /Agência Brasil

Praia da Barra da Tijuca durante o decreto da Prefeitura que determinou a parada emergencial de serviços não essenciais para conter a pandemia da covid-19

O Rio de Janeiro permanece em bandeira laranja, com risco moderado de contaminação de covid-19. A bandeira laranja começou em 30 de abril, depois que o estado saiu da bandeira vermelha (risco alto). O dado foi divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio.

Apesar disso, houve piora em duas das nove regiões do estado nesta semana. A Baixada Litorânea, que inclui a Região dos Lagos e o centro-sul fluminense, passaram da bandeira amarela (risco baixo) para a laranja.

As demais regiões mantiveram as mesmas faixas desde semana passada. O norte do estado é a única área na faixa amarela. Em bandeira vermelha estão as regiões Metropolitana I (capital e Baixada Fluminense), a Baía da Ilha Grande e o noroeste do estado.

O Médio Paraíba, a região Metropolitana II, que inclui Niterói e São Gonçalo), e a região serrana continuam com bandeira laranja.

O sistema de bandeiras para risco de covid-19 da Secretaria Estadual de Saúde prevê ainda as cores verde (risco muito baixo) e roxa (risco muito alto).

O levantamento da secretaria nesta semana compara a semana epidemiológica 19 (9 a 15 de maio) com a 17 (25 de abril com 01 de maio) de 2021.

Segundo o órgão, o Rio apresentou uma redução de 25% no número de óbitos e nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG). As taxas de ocupação de leitos no estado, ontem, chegavam a 85% para leitos de UTI e a 58% para enfermarias.