Últimas Notícias
PDUI-Piracicaba
2ª reunião avança em diretrizes para definição de projetos
"É preciso fazer com que a sociedade se envolva', afirma Ivan Carneiro, promotor público

Por Romualdo Cruz Filho

Ivan Carneiro participou da audiência na Secretaria de Educação ontem

Crédito: Mateus Medeiros/Gazeta de Piracicaba

Ivan Carneiro participou da audiência na Secretaria de Educação ontem

Desde o dia 12 de janeiro vem sendo realizadas audiências públicas com a participação de cidades integrantes da Região Metropolitana de Piracicaba (RMP) para discutir o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI). Ontem, o segundo encontro ocorreu em Piracicaba, no anfiteatro da Secretaria de Educação. O objetivo é desenhar projetos a partir de um diagnóstico de potencialidades que possam ser desenvolvidos em parceria entre os municípios. A perspectiva maior é o desenvolvimento econômico e social da região.

Ivan Carneiro, promotor público ligado ao meio ambiente, explicou que se trata de uma proposta interessante que dará força à região, mas que depende muito do envolvimento popular para que a sociedade seja ouvida. "É preciso fazer com que a sociedade se envolva para que essas discussões não fiquem apenas no âmbito político", afirmou.

Ele disse também que o PDUI vai fortalecer os municípios no pleito de verbas em conjunto para licitações de grande porte, seja no setor ambiental, de saúde, de transporte, enfim. "Vale lembrar que estamos falando de uma população de 1,5 milhão de pessoas e esta unidade facilitará as concessões e parcerias regionalizadas, beneficiando a todos".

Após as audiências, todas as propostas apresentadas e acatadas serão consolidadas pelo governo do Estado e transformadas em projeto de lei, para aprovação da Assembleia Legislativa. A partir de então, todos os municípios terão de ajustar seus respectivos planos diretores com base no PDUI Metropolitano.

Marco Vinholi, secretário de desenvolvimento do Estado de São Paulo, afirmou, durante a primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Piracicaba (RMP), no Teatro Erotides de Campos, em outubro de 2021, que a integração dos municípios é importante por vários fatores, mas que os próprios projetos de infraestrutura já são, por si só, geradores de emprego e renda, por alavancar o setor de construção civil. O pensamento integrado, segundo ele, possibilita harmonia entre os interesses de cada município, aproveitando o potencial natural de cada um.

Representantes da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) estão participando das audiências com dados que dão as bases do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) e proposta de ordenamento regional elaborada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional e a Fipe - com base em informações coletadas dos municípios e amparadas em pesquisas e estudos. O tratamento do PDUI é por câmaras temáticas, como planejamento e uso do solo, transporte e sistema viário regional, habitação, saneamento ambiental, meio ambiente, desenvolvimento econômico (turismo), atendimento social e esporte e lazer.