Últimas Notícias
Operação Natal
Policiamento nas estradas tem início à zero hora desta quinta
Todo o efetivo será empregado e direcionado às áreas de incidência criminal e de sinistros

Por Ana Cristina Andrade

Patrulheiros também ficarão atentos aos condutores que ultrapassam em locais proibidos

Crédito: Mateus Medeiros

Patrulheiros também ficarão atentos aos condutores que ultrapassam em locais proibidos

A Polícia Militar Rodoviária irá reforçar o policiamento nas estradas, a partir da 0h desta quinta-feira (23) até as 23h59 do dia 23. É que, neste período, estará sendo desencadeada a "Operação Natal 2021" e muitas pessoas estão se preparando para viajar.

De acordo com informações de oficiais do 3º Batalhão Rodoviário, todo o efetivo será empregado e direcionado às áreas de incidência criminal e de sinistros (acidentes) de forma a aumentar a percepção de segurança de todos os usuários que necessitem fazer deslocamentos entre municípios/Estados.

Durante todos este dias, segundo a PM Rodoviária, a operação terá o foco voltado para a fiscalização da questão comportamental do motorista, posto que a falha humana constitui 90% dos acidentes, conforme a OMS (Organização Mundial de Saúde).

Uma das infrações de trânsito que irá merecer também atenção especial por parte do efetivo é a Embriaguez ao Volante. Essa infração pune o motorista com multa e suspensão do direito de dirigir e potencializa os riscos de acidentes de trânsito.

Para isso será usado o etilômetro seletivo, que permite uma identificação qualificada e preparatória para o teste ativo. Os condutores também devem observar os limites de velocidade.

Outra infração que ocorre com frequência é o uso do aparelho de telefone celular enquanto dirige que, segundo a PM Rodoviária, pode ocasionar uma distração visual e cognitiva do condutor, ou seja, ocorre a perda completa da atenção enquanto ele dirige.

Os patrulheiros também ficarão atentos aos condutores que ultrapassam em locais proibidos. Durante o dia é obrigatório manter a lanterna acesa e todos os equipamentos obrigatórios em pleno funcionamento.