Últimas Notícias
Contra furtos
GCM alerta sobre cuidados com a segurança
Dias que antecedem o Natal exigem atenção redobrada do consumidor, segundo alerta a GCM

Por José Ricardo Ferreira

Movimento de pessoas em corredor comercial da cidade: GCM pede atenção com os pertences

Crédito: Mateus Medeiros

Movimento de pessoas em corredor comercial da cidade: GCM pede atenção com os pertences

As ocorrências de furtos diversos atendidas pela Guarda Civil Municipal (GCM) predominam esse ano em Piracicaba e aumentaram 29,51% em relação ao ano todo de 2020, segundo a corporação.

De acordo com ranking fornecido a pedido da reportagem, foram 395 ocorrências registradas de furtos de janeiro a 14 de dezembro deste ano. Esse número já supera os 305 registros do ano todo de 2020, segundo a GCM.

A predominância desses furtos é em residências e estabelecimentos (comércio, indústria e serviços). É um alerta para os munícipes nesse final de ano de movimento no comércio e quando muitas casas ficam sem as famílias que saem para viajar.

Neste ano, o segundo item com mais casos registrados é o de crueldade contra animais (303 ocorrências) e em terceiro aparece o tráfico de entorpecentes (229 registros). Esses números, reforça a GCM, ainda não retratam o balanço fechado do ano - são até 14 de dezembro.

Os três principais registros no ano passado foram: 1ª desinteligência com 576 ocorrências (abrangem todas ocorrências em que há discussão no trânsito, no bar, no lar entre familiares etc); 2º os furtos já citados (os 305 registros) e em 3º o tráfico de entorpecentes com 291 ocorrências atendidas pela GCM.

No geral

No geral de atendimentos da GCM esse ano os números são bem menores se comparados a 2020. No ano passado a Guarda Civil atendeu 25.456 ocorrências diversas. Esse ano, até 14 de dezembro, foram 14.991 (- 10.465 registros).

Embora os números de 2021 dificilmente superarão os de 2020, o comandante da GCM, Sidney Miguel da Silva Nunes, frisa que a intensidade do trabalho de abordagens, as rondas e a busca de resoluções dos casos foram bastante intensos. “Foi um ano de muitos desafios, principalmente com o enfrentamento da pandemia, unimos forças a outras secretarias. Tivemos muitos descumprimentos do decreto em relação às festas clandestinas, perdemos guardas, muitas vidas se foram, mas graças a Deus estamos vencendo essa luta. Esperamos que 2022 seja um ano mais promissor e que as pessoas voltem a ser felizes”, afirmou ele.

Algumas orientações

Esses dias que antecedem o Natal, comemorado esse ano no próximo sábado (25), ainda tem muita gente no comércio para as compras.

A GCM orienta para as pessoas evitarem fazer compras sozinhas; prefiram efetuar os pagamentos em cartão, pix e outras formas evitando portar valores em dinheiro; prefiram realizar as comprar durante o dia; certifiquem-se que sua bolsa, carteira, celular e os objetos comprados estejam de forma segura; evitem retirar sua carteira em local público com grande movimentação (por exemplo em bares, lojas, restaurantes); desconfiem de empurrões ou esbarrões; tenham sempre muita atenção a movimentação de pessoas desconhecidas; mantenham a atenção, nunca perca o contato visual dos seus pertences.

A GCM também orienta quanto aos cuidados no lar: ao sair de viagem, peça a um vizinho ou familiar para visitar diariamente o imóvel e deixe um telefone de contato; peça para recolher as correspondências e observar movimentos suspeitos; evite deixar as luzes acesas durante o dia; verifique se as portas e janelas estão trancadas; se mora em condomínio ou edifício, evite deixar as chaves na portaria; Timer’s Digitais ou aparelhos de fotocélulas acendem e apagam as luzes de forma programada.