Últimas Notícias
Migrantes
Albergue Noturno fecha as portas
Acolhimento era realizado desde 1948

Por Erick Tedesco

A partir de 1° de janeiro não prestará mais atendimento

Crédito: Mateus Medeiros

A partir de 1° de janeiro não prestará mais atendimento

Um comunicado, fixado na entrada do Albergue Noturno, que é mantido pelo Núcleo Espírita Vicente de Paula, informa que, a partir de 1º de janeiro de 2022 não haverá mais atendimento aos migrantes.

Segundo funcionários do Albergue, o rompimento do convênio com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) inviabilizará a continuidade do acolhimento, que é realizado desde 1948, quando foi iniciado pelo então prefeito Luciano Guidotti.

Com o fechamento do Albergue Noturno, atividades religiosas que ocorriam em algumas das salas da instituição também deixarão de acontecer.

A notícia sobre o encerramento das atividades levou o vereador Pedro Kawai (PSDB) a visitar o local na manhã desta sexta-feira (17), para confirmar o fato. "Um serviço como esse jamais deveria ser interrompido", lamentou o vereador Pedro Kawai.

Ele lembrou que o Albergue também acolhe mulheres vítimas de violência doméstica, pessoas que vêm a Piracicaba para tratamento médico e não têm recursos para pagar por uma hospedagem. "Deixar essas pessoas sem um atendimento digno é desumano", comentou.

Ele não concorda com a decisão do atual prefeito em centralizar os serviços de acolhimento e passagem, de pessoas em situação de rua, em um único local, como já anunciou o governo municipal. “Infelizmente, é mais uma medida impensada, que comprova a falta de habilidade e de experiência do atual governo”, concluiu.