Últimas Notícias
Vento e chuva
Árvore cai em frente ao Cancian
Vento quase causa acidente na Praça da Boyes

Por Da redação

Tronco da palmeira atravessou a via; ninguém ficou ferido

Crédito: Mateus Medeiros

Tronco da palmeira atravessou a via; ninguém ficou ferido

No período da manhã de ontem, por volta das 11h, devido a um vento forte sucedido por chuva, caiu uma palmeira em frente do restaurante Cancian, na rua Capitão Correa Barbosa, na Praça da Boyes. Por sorte, a esposa de um dos sócios do restaurante não foi atingida.

“Por muito pouco a árvore não atingiu a cabeça da minha esposa. Ela reviveu hoje. Chegamos com o carro e encostamos, logo em seguida a árvore caiu”, contou o empresário Osias Bastos.

Segundo ele, na semana anterior uma outra árvore havia caido no outro canto da praça. “Temos falado com a prefeitura sobre a situação da árvore, que está condenada. Ela não tem mais nem folha. Ninguém gosta de cortar uma árvore, mas muitas vezes é melhor assim, antes que ocorra um acidente grave e morra alguém”.

De acordo com Departamento de Arborização, da Secretaria Municipal de Defesa Meio Ambiente (Sedema), trata-se de um evento extremo localizado na região da praça da Boyes, que derrubou três palmeiras, um abacateiro e uma carabura.

"Pode ter sido um vórtice (redemoinho) e ventos fortes, já que foram constatadas quedas apenas ali naquele local", informou a assessoria da pasta. Todas as árvores que caíram estavam sadias, segundo a Sedema, uma vez que em julho foi realizada uma poda preventiva em toda a extensão da Praça da Boyes.

Equipe de arborização da Sedema chegou ao local rapidamente e iniciou o processo de retirada das árvores, evitando assim problema no trânsito.