Últimas Notícias
IHGP
Digitalização de jornais
InstItuto Histórico e Geográfico de Piracicaba retoma processo

Por Da redação

Exemplares da Gazeta de Piracicaba já estão sendo digitalizados

Crédito: Divulgação

Exemplares da Gazeta de Piracicaba já estão sendo digitalizados

O Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba (IHGP) retomou esta semana o serviço de digitalização de todos o seu acervo de jornais. Serão fotografadas as edições da Gazeta de Piracicaba (1882-1945), Jornal de Piracicaba (1900-2013), Diário de Piracicaba (1936-1993), Tribuna de Piracicaba (1965-2013), Folha Piracicabana (1961-1968), Semana da Vila Rezende (1995-2003), entre outros. São cerca de 2.000 volumes, que cobrem mais de 130 anos de história diária de Piracicaba.

O presidente do IHGP, Pedro Vicente Ometto Maurano, explicou que será um processo demorado, que não deveria ser interrompido se a intenção for criar um arquivo acessível remotamente a todos os interessados pela história de Piracicaba. "Trata-se de um trabalho lento e gradual para que possamos colocar em formato digital todas essas páginas, que retratam o dia a dia de nossa cidade. Evidentemente, é uma iniciativa de fôlego, que não se encerra em apenas uma gestão, por isso precisa ser continuado por cada nova diretoria".

De acordo com Maurano, o material físico encontra-se em situação delicada. Muitos jornais do final do século 19 e início do 20 precisam urgentemente ser digitalizado porque o papel vai se ressecando com o tempo, perdendo a resistência e se tornando quebradiço. "Com isso não podem mais ser disponibilizados para manuseio de pesquisadores. Por outro lado, quando colocado na nuvem, o acesso é universalizado no formato digital".

Os arquivos poderão ser acessados pelo site ihgp.org.br. Inicialmente, serão digitalizados os jornais de 1922, pelo fato de ser um ano de referência na comemoração dos 100 anos da Independência do Brasil, 100 anos da Semana da Arte Moderna, 100 anos da Inauguração da Paulista, 100 anos do bairro Tupi, 100 anos do primeiro pouso no campo de aviação Pedro Morgantti, entre outros centenários. "Os estudantes certamente serão convidados a fazer trabalhos sobre estas datas e esses temas. Nada mais natural que escolhamos o ano de 1922 para iniciarmos nosso projeto, o que facilitará essas pesquisas acadêmicas", observou Maurano.

O processo de digitalização ganhou grande impulso durante a gestão do ex-presidente do IHGP Vitor Pires Vencovsky (2012-2016). "Foi um trabalho muito bem-sucedido que agora retomamos", concluiu Maurano.