Últimas Notícias
Comércio
Definido horário de fim de ano
Comércio planeja atendimento com horário especial a partir do dia 8 de dezembro, feriado municipal

Por Romualdo Cruz Filho

Sincomércio aponta para aumento de 5% nas vendas nesse ano

Crédito: Mateus Medeiros/Gazeta de Piracicaba

Sincomércio aponta para aumento de 5% nas vendas nesse ano

A decisão antecipada sobre o calendário de funcionamento do comércio em Piracicaba para o final de ano vai permitir um melhor planejamento dos lojistas. Esta é a perspectiva do Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba (Sincomércio), que trabalha também com otimismo em relação ao crescimento nas vendas - de 5% em relação ao ano passado - e a contratação de até 600 temporários.

A agenda de horários especiais inicia no dia 8 de dezembro, no feriado municipal, em homenagem a Nossa Senhora Imaculada Conceição, e segue em ritmo expandido até o dia 31 de dezembro.

O horário especial de funcionamento de final de ano foi definido pela Convenção Coletiva do Trabalho 2020/22, assinada pelo Sincomércio Piracicaba e Sindicato dos Empregados do Comércio (Sincomerciários Piracicaba).

Segundo o presidente do Sincomércio, Itacir Nozella, com a flexibilização das restrições sanitárias, em um cenário pós-pandemia, as vendas e contratações devem ser mais otimistas que no ano passado, em que as restrições estavam bem severas. "Mesmo em um cenário de inflação alta, o aumento da circulação de consumidores e o clima de superação de uma fase difícil devem favorecer as vendas, isso acarretará a necessidade de contratações temporárias para atender esse movimento sazonal."

O Natal é a melhor data para o comércio e é um indicador de como será o início do ano seguinte, tanto no comércio como na indústria. Nesse sentido, Itacir explica que o setor está com expectativa favorável e os empresários apostam em aumento das vendas e consequentementes, novas contrações. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), no Brasil, em 2020, as contrações temporárias tiveram um recuo de 25%. A expectativa, em Piracicaba, para 2021 é de recuperação acima da perda do ano anterior, chegando a um crescimento de 30%, o que pode representar de 500 a 600 novas vagas preenchidas.

Pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês de setembro o comércio piracicabano apresentou um saldo positivo de 100 vagas. "Esse número deve ser alterado, positivamente, já nas próximas divulgações do Cadastro Geral, referente aos meses de outubro e novembro deste ano", esclarece Nozella. Segundo ele, essas contrações temporárias são uma grande oportunidade para que os colaboradores sejam efetivados após o período de festas.