Últimas Notícias
Educação
Rede Municipal retoma 100% do atendimento na quarta-feira
Presença será obrigatória para todos matriculados a partir de quarta-feira

Por Da redação

Presença será obrigatória e não haverá mais rodízio entre os alunos

Crédito: Divulgação

Presença será obrigatória e não haverá mais rodízio entre os alunos

As Escolas da Rede Municipal de Ensino retomam 100% do atendimento sem rodízios na próxima quarta-feira (3), anunciou ontem a Secretaria Municipal. De acordo com a pasta, o atendimento já acontecia para 100% dos alunos nas séries do ensino fundamental e na pré-escola desde agosto, mas com rodízio diário.

A partir de quarta-feira, porém, a presença será obrigatória e não haverá mais rodízio entre os alunos. O retorno para 100% da demanda também contemplará as creches, que, segundo a prefeitura, durante o mês de outubro tiveram um aumento gradativo na capacidade, seguindo os protocolos de segurança.

Para o secretário de Educação, Gabriel Ferrato, este retorno é muito importante como período de transição para 2022. “Essa volta representa um processo de transição para o retorno pleno das atividades em 2022. Vamos trabalhar com a reinserção social das crianças na escola e recuperar o que for possível no aprendizado, para que estejam melhor preparados para um ano de 2022 de muito trabalho, dedicação e avanços”, ressaltou Ferrato.

PREPARATIVOS

O retorno obrigatório dos alunos na próxima quarta-feira, 03/11, movimentou as escolas para adequações importantes que garantam a segurança. A Escola Municipal Joaquim Carlos Alexandrino, no Jardim Caxambu, fez adequações nas salas e na hora da saída dos alunos para evitar aglomerações. “As salas estão recebendo mais carteiras para acomodar todos e a comunidade escolar está recebendo informações sobre adequações necessárias nos protocolos da escola, como no caso da saída dos alunos do Ensino Fundamental que, para evitar a aglomeração de pais/responsáveis no portão, passará a ser interna. Um responsável, utilizando máscara, deverá entrar na escola e se dirigir até a porta da sala do aluno para retirá-lo”, explicou a diretora da unidade Giovana Franchi.

Além das medidas de segurança, a comunidade escolar também se prepara para o acolhimento das crianças e das famílias, como explica Ana Paula Martinelli, diretora da escola Professor Heitor Pompermayer, na Vila Independência. “A escola, com toda a equipe, vem se dedicando e preparando por meio de formação, muito diálogo e participação da comunidade para que o retorno obrigatório a partir de 03/11 aconteça de modo acolhedor, alegre, seguro e considere a necessidade das crianças e famílias. Para essa retomada estamos revitalizando alguns espaços da escola com o apoio de muitos familiares a fim de tornar a convivência e interação repletas de aprendizagens significativas”, observou Ana Paula.

Nesse retorno obrigatório serão mantidos os cuidados de medição de temperatura das crianças e adultos, uso de máscaras, lavagem das mãos, uso de álcool em gel e higienização dos ambientes escolares.