Últimas Notícias
Resultados fiscais
Firjan avalia gestão de Piracicaba como boa
Avaliação teve como base os indicadores autonomia, gastos com pessoal, investimentos e liquidez

Por Larissa Souza

Cidade está na posição 1712ª no ranking nacional

Crédito: Christiano Diehl Neto

Cidade está na posição 1712ª no ranking nacional

Piracicaba recebeu a classificação de “boa gestão” no IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal). A avaliação teve como base os indicadores autonomia, gastos com pessoal, investimentos e liquidez. No índice, que analisou a atuação do município segundo a gestão de 2020, a cidade está na posição 1712ª no ranking nacional e 285ª no estadual.

O levantamento é elaborado por meio de resultados fiscais que são declarados pelas prefeituras. A edição deste ano avaliou o desenvolvimento de 5.239 cidades do Brasil.

A pontuação de Piracicaba variou nos quatro índices. No primeiro, o município recebeu a nota máxima (1.0000) que, de acordo com a definição do ranking, significa excelência. No “gastos com pessoal”, Piracicaba também obteve excelência, com 0.9098 pontos.

Já no índice “liquidez”, a nota foi inferior a dos outros índices. Com 0.5763, o ponto foi elencado como uma dificuldade da cidade.

A pior nota foi no “investimentos”, no qual Piracicaba teve 0.1465 pontos, classificação considerada crítica, segundo o índice.