Últimas Notícias
UBS Caxambu
Falta antidepressivo em farmácia
Em até 10 dias todas as unidades receberão o medicamento, responde a Secretaria de Saúde

Por Romualdo Cruz Filho

Cidadão relatam falta de Fluoxetina 20mg em UBS

Crédito: Divulgação

Cidadão relatam falta de Fluoxetina 20mg em UBS

Carlos Fernando Vieira da Costa, 54, esteve na Farmácia da UBS Caxambu no dia 11 de outubro para pegar Fluoxetina, 20 mg, antidepressivo do qual faz uso contínuo. Mas a atendente informou que estava em falta e não havia data para ser disponibilizado novamente aos usuários da rede pública de saúde. O paciente protocolou sob o número 2021138543 sua reclamação junto ao Serviço de Informação à População (SIP 156).

Segundo ele, sua receita precisava ser renovada por um médico psiquiatra, no entanto, por falta do profissional nos Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), a renovação estava sendo automática, sem avaliação do especialista.

“Essa situação me deixa desconfortável, porque sem conversar com o médico, não sei se meu quadro está controlado ou não, porque estou há um bom tempo sem esse atendimento”, disse.

Sua preocupação era também com a falta de informação mais segura sobre quando haveria o remédio na rede. Ele usa Fluoxetina há 12 anos e sua última retirada foi há dois meses. “A farmácia fornece um volume de comprimidos que dá apenas para dois meses, depois temos de pegar novamente”, explicou. “O problema é que o custo de vida está caro e não sobra dinheiro para comprar remédio. Esse não é um problema exclusivo meu, mas de todos os usuários do SUS que fazem uso deste medicamento”, explicou.

Resposta

A Secretaria de Saúde informou que o processo de compra do antidepressivo fluoxetina 20 mg se encerrou nesta segunda-feira (25) e que em até 10 dias todas as unidades receberão o medicamento.

A pasta reconhece também que faltam médicos na rede, entre os quais, psiquiatra. “Para repor as vagas em aberto, a prefeitura já convocou todos os aprovados para o cargo no último concurso vigente, porém, sem sucesso”, explica a nota da assessoria de imprensa.

“Por isso, a Secretaria abriu processo seletivo emergencial, com 32 vagas – sendo cinco para psiquiatras. A prova aconteceu no último dia 17 de outubro. O resultado preliminar foi divulgado cinco dias depois, dia 22. Dois médicos psiquiatras passaram e serão convocados nos próximos dias”, concluiu.