Últimas Notícias
Fauna
Falcão-relógio é avistado no Horto
Espécie rara na região foi vista por grupo de observação de pássaros

Por Da redação

O falcão-relógio é grande e esguio e mais escutado do que visto

Crédito: Kristina Pereira

O falcão-relógio é grande e esguio e mais escutado do que visto

O falcão-relógio, espécie rara na região, foi uma das surpresas para as 20 pessoas que participaram de atividade de observação de pássaros, realizada pela Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Instituto de Pesquisas Ambientais, Fundação Florestal, Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA/Esalq/USP e Grupo de Estudos e Observação de Piracicaba (GEOP) no Horto de Tupi.

A atividade Observando as Aves, ligada ao programa Vem pro Horto, foi realizada no domingo, 17/10, capitaneada pelo biólogo e guia de observação de aves, Valdir Felipe.

Durante a atividade foram avistadas 58 espécies de aves, como a saíra-ferrugem, a peitica, o gavião-belo, o pitiguari, a mariquita, o pula-pula, o sabiá-barranco, o garibaldi, além do falcão-relógio.

O falcão-relógio é grande e esguio e mais escutado do que visto. É encontrado em florestas tropicais, incluindo áreas semiabertas com árvores grandes. Seus hábitos incluem a caça desde a copa até o chão, geralmente cantam no alto das árvores. Tem longas pernas amarelas e a cauda longa e arredondada, com barras finas e brancas.

O registro do falcão-relógio foi feito pela contadora e fotógrafa amadora Maria Cristina Pereira, 58 anos, que esteve no Horto pela primeira vez. Registrar fotos de pássaros é uma atividade constante para Maria Cristina, que tem registro oficial como observadora e fotógrafa de aves.

A lista completa das espécies observadas no dia 17/10 está disponível no seguinte link: https://ebird.org/checklist/S96271140.