Últimas Notícias
Polícia
PM frustra golpe
Suspeitos foram presos pelo crime de estelionato em uma agência bancária de Rio das Pedras

Por Ana Cristina Andrade

Prisão de suspeitos por estelionato aconteceu ontem por volta do meio-dia

Crédito: Divulgação

Prisão de suspeitos por estelionato aconteceu ontem por volta do meio-dia

Dois homens foram presos ontem por policiais militares de Rio Das Pedras, pelo crime de estelionato. O cabo Amorim e soldado Santiago chegaram numa agência bancária da cidade, ao meio-dia, evitando que a dupla sacasse dinheiro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), da conta de terceiros.

O soldado Santiago explicou que ao chegar na agência, inicialmente, estava tratando a situação como uma suspeita, até porque foi isso que transmitiram a ele e ao cabo Amorin.

“Quando chegamos na porta da agência, uma pessoa já nos falou que havia um homem ali dentro tentando sacar o FGTS com documento de outra pessoa. Quando entrei e fui no hall dos caixas eletrônicos, vi um homem que saiu correndo e foi barrado pelo segurança”, destacou.

Era, segundo o PM, o homem que estava tentando sacar o dinheiro. O homem retornou para dentro da agência e parou perto do gerente.

“O gerente falou para ele que a Polícia Militar estava ali porque os dados dele estavam meio complicados. Perguntei o nome dele, respondeu a identificação que constava no RG. Falei pra ele que era melhor falar a verdade, porque ele não iria sair dali. Ele confessou que veio de São Vicente, litoral paulista, para aplicar o golpe”, disse o militar.

Santiago disse que dava voz de prisão para o rapaz, quando foi alertado sobre outro homem que estava quieto, sentado ao lado da mesa do gerente. O PM pesquisou o número do RG no sistema Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), apareceu a foto de outra pessoa.

“Perguntei o nome dele, respondeu o mesmo que estava no RG. Porém, quando mostrei a foto para ele, e que não era a dele, começou a falar que conheceu umas pessoas no Facebook, que elas o convidaram para praticar estelionato e como está desempregado ele aceitou”.

Pode ter mais

De acordo com o militar, os golpistas disseram que estavam sozinhos, mas acredita-se que, fora da agência, alguém os aguardava para ajudar na fuga.

A dupla foi apresentada na Delegacia de Polícia Federal de Piracicaba, autuada em flagrante no crime de Estelionato - artigo 171 do Código Penal -, e permaneceu à disposição da Justiça.

Na região

Segundo apurou a Polícia Militar, ontem de manhã homens desconhecidos haviam tentado aplicar o mesmo golpe numa agência de Piracicaba, porém sem sucesso.

No caso dos dois criminosos, eles disseram que iriam sacar em torno de R$ 3 mil cada. Os dois não disseram onde conseguiram os documentos falsificados.

Além dos RGs, a PF apreendeu dois aparelhos celulares. A polícia informou que não é a primeira passagem dos dois pela Justiça.