Últimas Notícias
Mandado federal
Investigado em ataque a bancos de Araçatuba é preso em Piracicaba
Arma encontrada na casa é de guarda-civil; Corporação afirma que irá colaborar com as investigações

Por Ana Cristina Andrade

Prisões e apreensões foram realizadas por PMs da 5ª Cia de Piracicaba

Crédito: Divulgação/PM

Prisões e apreensões foram realizadas por PMs da 5ª Cia de Piracicaba

Um homem , de 45 anos, suspeito de estar envolvido no roubo e explosão a caixas eletrônicos em Araçatuba (SP), dia 30 do mês passado, foi capturado ontem de manhã por policiais militares da 5ª Companhia de Piracicaba, que cumpriam mandado de prisão Federal expedido pela Comarca daquela cidade.

O filho dele, que tem 26 anos e foi quem recebeu a PM, inclusive tentou impedir a entrada do efetivo, foi preso por tráfico de drogas - havia, na casa, 12 porções de maconha que totalizaram 1,3 Kg.

Outro fato que chamou a atenção dos policiais é que, na casa do suspeito, foi encontrado um revólver calibre 38 num monte de areia, cuja numeração levou a um guarda-civil de Piracicaba.

Localizado, ele apresentou um contrato irregular de compra e venda desta arma e também foi detido pela Polícia Federal. Porém, ele irá responder em liberdade.

De acordo com o tenente Ávila, que estava ontem no Comando de Força Patrulha (CFP), as equipes da 5ª Cia foram ao Jardim Gilda II averiguar que havia ali um procurado pela Justiça.

“Pesquisando sobre esse procurado descobrimos que foi ele quem socorreu os dois indivíduos - o que levou o tiro no braço e o outro que foi atingido na barriga e morreu no hospital”, declarou.

“A partir disso fizemos contato com a Polícia Federal, que enviou uma equipe de agentes e fizemos nova diligência na casa dele, já com o mandado de busca. Na casa encontramos munição, algema, um cinto preto e a arma de fogo”, acrescentou.

Os primeiros a seguir para a averiguação foram o 3º sargento Dan, cabo Marinho e soldado Colletti (feminino). Na casa foram apreendidos, ainda, 20 munições calibre .635, outras 72 de calibre 38, notebook, sete munições calibre 38 deflagradas, vários coldres e um VW Gol.

Sobre o Guarda

A Guarda Civil de Piracicaba informou, por meio do Centro de Comunicação Social da prefeitura, que tomou conhecimento da prisão do guarda e que irá colaborar com as investigações e ainda abrir sindicância para apurar o caso.

Estuprador é preso

Ainda ontem, na área da 5ª Cia, a Polícia Militar prendeu um homem de 47 anos, que está condenado há 10 anos pelo crime de estupro de vulnerável. O responsável pela prisão dele foi o cabo Vicentini, que está de férias e ontem à tarde, ao passar em uma rua da Vila Rezende, o reconheceu.

O estuprador estava foragido há três meses e agora vai ser recolhido em uma unidade prisional para cumprimento da pena. A formalização sobre a captura foi feita no 4º Distrito Policial pelo delegado Fábio Rizzo de Toledo.

Detalhes sobre o crime e sobre quem seria a vítima não foram informados.