Últimas Notícias
Segurança
Violência contra as mulheres: aplicativo
Iniciativa busca combater a violência contra mulheres em Piracicaba, diz professora

Por Larissa Souza

Projeto visa mapear a cidade para fortalecer combate à violência contra a mulher

Crédito: Divulgação

Projeto visa mapear a cidade para fortalecer combate à violência contra a mulher

Criar uma plataforma digital, personalizada, que atenda a mulher no momento da agressão, como uma forma de acolhimento, além de oferecer cursos de formação e divulgar vagas de trabalho e iniciativas empreendedoras.

Esse é o objetivo maior do projeto DigNas, ação coordenada pela professora Heliani Berlato, do departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP).

O projeto que se propõe a somar forças afim de combater a violência contra as mulheres em Piracicaba nasce com o objetivo de mapear as áreas urbana e rural de Piracicaba a fim de se identificar os campos onde se configuram à violência contra as mulheres.

"O intuito é desenvolver, a partir das informações qualitativas, um aplicativo para dispositivos móveis personalizado, com serviços de proteção, formação profissional e inclusão das mulheres vítimas de violência", conta a docente ao lembrar que, além da Esalq, o projeto contará com a participação de representantes de outras instituições e unidades da USP.