Últimas Notícias
Trabalho
Cidade tem saldo positivo de 573 empregos formais
Dados são referente ao mês de julho, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados)

Por Da redação

No acumulado do primeiro semestre o saldo é positivo em 4.108 vagas

Crédito: Felipe Poleti/CCS

No acumulado do primeiro semestre o saldo é positivo em 4.108 vagas

O saldo do emprego com carteira assinada em junho de 2021 ficou positivo com a criação de 573 postos de trabalho em Piracicaba. A informação foi divulgada na quinta-feira (29), pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). O resultado decorreu diante de 4.000 admissões e 3.427 desligamentos no período.

O destaque ficou por conta dos setores de Construção Civil e Comércio, que têm apresentado recuperação, fechando junho com saldo positivo de 168 e 161 postos de trabalho, respectivamente. No acumulado do primeiro semestre de 2021, o saldo do Caged é positivo em 4.108 vagas no município. No mesmo período do ano passado, o saldo foi negativo em 3.047 postos de trabalho.

“O setor da construção civil representa 7% do PIB brasileiro e, constitui um importante termômetro do crescimento econômico e geração de emprego. Estamos otimistas porque a recuperação deste segmento pode ser o prenúncio de uma nova fase, mais positiva da nossa economia. O setor só não está mais aquecido porque tem faltado insumos e matéria-prima”, frisou José Luis Guidotti Jr., titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Semdettur).

Além da Construção Civil e Comércio quem mais contratou em junho foram os segmentos da Indústria com 146 vagas e de Serviços com 87 vagas. A faixa etária mais beneficiada com a criação de empregos no período foi a com idade entre 18 e 24 anos, com 218 vagas, seguida dos que possuem idade entre 30 e 39 anos, com 179 vagas. Quanto ao nível de instrução, aqueles que possuem Ensino Médio completo aparecem em 1º lugar, conquistando 514 novas vagas, seguidos dos que possuem Ensino Superior Completo, com 59 vagas.