Últimas Notícias
Copa Paulista
XV joga mal e perde por 2 a 0 para o Noroeste
Próximo jogo do XV será na terça-feira (12), no Barão da Serra Negra, às 17h, diante do São Bento

Por José Ricardo Ferreira

Mesmo com a derrota, XV mantém a liderança no Grupo 2 da Copinha

Crédito: Divulgação

Mesmo com a derrota, XV mantém a liderança no Grupo 2 da Copinha

Em um jogo com dois pênaltis desperdiçados, um de cada lado, o XV de Piracicaba jogou mal e conheceu, nesta terça-feira (5), sua primeira derrota na Copa Paulista pela quarta rodada do Grupo 2. Foi dois a zero para o Noroeste. Mesmo com o revés, o XV se manteve na liderança da chave com nove pontos ganhos e bem próximo da classificação. Os gols na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, foram marcados por Maranhão, aos 18’ da etapa inicial, e João Egito aos 44’ do segundo tempo.

O próximo jogo do XV será na terça-feira (12), no estádio Barão da Serra Negra, às 17h (ainda sem público) diante do São Bento. O Noroeste, que antes da conclusão da rodada assumira provisoriamente a segunda colocação com quatro pontos, vai receber o Rio Claro, também na terça, às 15h.

O jogo começou com o XV no ataque, porém aos 18’ do primeiro tempo a defesa recuou mal uma bola para o goleiro Belliato e o ataque do Norusca aproveitou a falha. O volante Maranhão bateu forte, de fora da área, sem chances para o goleiro quinzista: 1x0. Foi o primeiro gol sofrido pelo Alvinegro nessa Copinha após três rodadas.

O Norusca ficou perto do segundo gol. Aos 29’ o zagueiro João Maistro puxou o atacante Alex Bruno e fez pênalti. Definido para cobrar, o lateral Carlinhos partiu devagar para a bola e bateu mal, no canto direito para fora.

O XV sentiu o gol e o susto do pênalti. O Alvinegro só chegou aos 38’ com um cruzamento fechado e perigoso obrigando a zaga adversária a mandar para escanteio.

O primeiro tempo terminou com o XV sem criatividade e um Noroeste que chutava pouco, porém, mais efetivo.

O XV do técnico Luciano Dias voltou para o segundo tempo com alterações: Gustavo Hebling no lugar de Fraga; Matheus Martins no posto de Franklin, mexendo no meio e no ataque, respectivamente.

Aos 11’ chegou na grande área com Lúcio Flávio que chutou, mas a bola subiu muito e não levou perigo.

O XV fez mais uma mudança no ataque escalando Ítalo no lugar de Lúcio Flávio. Aos 19’ Matheus Martins encontrou espaço e arriscou de dentro da área, mas a bola saiu fraca e Pablo a defendeu.

Aos 22’, susto para o XV. Confusão na área, Carlinhos chutou e Belliato salvou o time do segundo gol. O Alvinegro partiu para um contra-ataque e teve duas chances com Matheus Martins e Carlos Alberto, respectivamente, mas a zaga do Noroeste conseguiu afastar.

Aos 26’ o goleiro Pablo faz pênalti. Mas Ítalo, que havia entrado no segundo tempo, cobrou fraco à meia altura para fácil defesa do arqueiro do time de Bauru.

Aos 31’ o atacante Willian Anicete entrou no lugar do meia Paraíba. Luciano Dias foi para o tudo ou nada. Porém quem continuava melhor em campo era o adversário que, aos 44’ ampliou com João Egito. O meia aproveitou um bate-rebate na área e a bola sobrou para ele que finalizou forte no meio do gol e ampliou: 2x0.

Já nos descontos e sem forças o XV buscou diminuir a desvantagem, mas em uma tarde instável deixou Araraquara amargando sua primeira derrota na competição.

O XV jogou com Belliato, Juninho, João Maistro, Rodrigo Sam, Kaike (Rubens Carvalho), Fraga (Gustavo Hebling), Paraíba (Willian Aniceto), Lucas de Sá, Carlos Alberto, Franklin (Matheus Martins) e Lúcio Flávio (Ítalo).