Últimas Notícias
Possível negociação de Ivan: "Ele é um cheque especial da Ponte", diz Tiãozinho
Pra dirigente, goleiro que está em recuperação é um dos principais ativos da macaca

Por Lucas Rossafa/Correio Popular

Crédito: Gazeta de Piracicaba

Embora não atue oficialmente desde 24 de outubro de 2020 em decorrência de cirurgia para corrigir lesão ligamentar no punho, o goleiro teve detalhada, por iniciativa do presidente Sebastião Arcanjo, a real situação sobre a divisão dos direitos econômicos. Tiãozinho falou publicamente pela primeira vez a respeito da porcentagem que ainda tem direito do passe do camisa 1 e revelou ter 40% já comprometido por empréstimos para quitar dívidas - ou seja, ainda restam 60%.

"Pela lei, obviamente, nós temos 100% desses direitos federativos. Em relação aos direitos econômicos do Ivan, nós estamos em um equilíbrio em torno de 60% a 40%. A Ponte Preta já utilizou-se desses recursos para tentar viabilizar a situação econômica e de caixa. Não na nossa gestão apenas, mas em gestões anteriores. Eu digo sempre que o Ivan tem essa característica de ser uma espécie de cheque especial da Ponte Preta", afirmou o mandatário, em coletiva de imprensa.

"Ivan é um dos principais ativos da Ponte Preta. Nós temos atuado junto às pessoas que administram a sua carreira e ao próprio jogador, que tem dado uma demonstração de muito amadurecimento e de profissionalismo. A nossa intenção sempre foi de fazer o melhor negócio possível com o jogador Ivan. No ano passado, nós recusamos algumas propostas, porque entendíamos que estavam abaixo daquilo que o Ivan representa ao futebol brasileiro", emendou.

De acordo com a Ponte Preta, a decisão pela negociação de Ivan, agenciado por Fernando Garcia, da Elenko Sports, será compartilhada entre as partes envolvidas e interessadas. "Essa é uma decisão compartilhada entre a direção da Ponte Preta, o jogador e aquelas pessoas que fazem a gestão da tua carreira. E nesse último período, o Ivan foi sondado por vários clubes. São clubes que estão na Série A e clubes que estão na Série B. Esses negócios não se concretizaram."

Mercado

O estafe de Ivan, nas últimas semanas, recebeu sondagens do São Paulo para disputa do Campeonato Brasileiro. Recém-recuperado de cirurgia no punho, o goleiro da Ponte é cotado como possível substituto - ou reserva - de Tiago Volpi, na mira do futebol mexicano para 2021.

Neste ano, Bahia, Flamengo, Grêmio e Juventude também foram colocados como possíveis interessados no atleta. O camisa 1 está sem dores e trabalha em campo aberto, sob supervisão de Betão Guastali, com o restante do elenco, porém já treina sem restrições há praticamente dois meses.

O time campineiro, por sua vez, reconhece a necessidade - quase que urgente - de vendê-lo para aliviar as finanças, pagar parte das dívidas e ainda oferecer fluxo de caixa à diretoria na sequência da Série B.

Inicialmente, a Ponte Preta tinha interesse de negociá-lo por cinco milhões de euros. A tendência, neste momento, até por conta da lesão e do tempo de inatividade, é de viabilizar alguma transferência por volta de R$ 15 milhões ao mercado interno.