Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Moscou reduz ainda mais os funcionários da embaixada tcheca
A Rússia anunciou nesta sexta-feira(23) que vai reduzir drasticamente o pessoal da embaixada tcheca em Moscou, em retaliação à expulsão de diplomatas russos por Praga em um contexto de crise entre os dois países

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

A Rússia anunciou nesta sexta-feira(23) que vai reduzir drasticamente o pessoal da embaixada tcheca em Moscou, em retaliação à expulsão de diplomatas russos por Praga em um contexto de crise entre os dois países.

A missão diplomática tcheca na capital russa vai perder 91 funcionários locais, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

"O comportamento irresponsável e provocador das autoridades tchecas prejudicou seu serviço diplomático", acrescentou a diplomacia russa.

A República Tcheca culpou Moscou na semana passada pela explosão de um depósito de munição em 2014, na qual duas pessoas morreram, e expulsou 18 diplomatas russos que apresentou como espiões.

Moscou respondeu pedindo a 20 diplomatas tchecos que deixassem seu território. Praga então anunciou sua intenção de limitar o número de diplomatas russos para que as duas missões tivessem o mesmo número de pessoas.

Segundo o governo tcheco, isso significa que a Rússia tem até 31 de maio para reduzir em 63 pessoas o número de diplomatas em Praga.

O pessoal das duas embaixadas será reduzido a apenas sete diplomatas, 25 funcionários técnicos e administrativos e 19 funcionários locais cada, disse a diplomacia russa nesta sexta-feira.

No total, segundo Moscou, 35 diplomatas russos terão de deixar Praga, enquanto 16 diplomatas tchecos farão o inverso. Vários países europeus anunciaram expulsões em solidariedade à República Tcheca.

A Eslováquia o fez na quinta-feira e os três países bálticos anunciaram na sexta-feira a expulsão de quatro diplomatas russos no total.

pop-rco-tbm/mr/mab/tjc/jc