Últimas Notícias
INTERNACIONAL
EMA diz que vacina J&J deve incluir coágulos sanguíneos como efeitos colaterais raros
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) estimou nesta terça-feira (20) que os coágulos sanguíneos devem ser considerados efeitos colaterais "muito raros" da vacina contra o coronavírus do laboratório Johnson & Johnson, cujos benefícios continuam a superar os riscos

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) estimou nesta terça-feira (20) que os coágulos sanguíneos devem ser considerados efeitos colaterais "muito raros" da vacina contra o coronavírus do laboratório Johnson & Johnson, cujos benefícios continuam a superar os riscos.

A EMA estabeleceu "uma possível ligação" entre a vacina J&J e os casos relatados de coágulos sanguíneos, que devem ser listados como "efeitos colaterais muito raros" do imunizante.

cvo/sg/mar/es/mr