Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Helicóptero da Nasa faz voo histórico em Marte
O helicóptero Ingenuity da Nasa fez um rápido voo nesta segunda-feira (19) em Marte e se tornou a primeira aeronave a motor a voar em outro planeta

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O helicóptero Ingenuity da Nasa fez um rápido voo nesta segunda-feira (19) em Marte e se tornou a primeira aeronave a motor a voar em outro planeta.

Às 7H34 GMT (4H34 de Brasília), o aparelho de 1,8 quilo se elevou três metros sobre a superfície marciana e pousou depois de 39,1 segundos.

Os dados e imagens do voo autônomo foram transmitidos à Terra, a 278 milhões de quilômetros de distância, onde foram recebidos pelo conjunto de antenas da agência espacial americano e processados mais de três horas depois.

Os engenheiros acompanharam com tensão em seus monitores no Laboratório de Propulsão a Jato da Califórnia, onde a missão foi planejada durante os últimos seis anos.

Eles começaram a aplaudir quando um deles leu a lista de tarefas que o helicóptero havia realizado e concluiu: "Ingenuity fez o primeiro voo de uma aeronave motorizada em outro planeta".

O Ingenuity enviou rapidamente uma imagem em preto e branco de sua câmera de navegação que apontava para baixo e que mostra sua sombra, parecida com a de um inseto, projetada sobre a superfície.

O helicóptero viajou a Marte unido à parte inferior do rover Perseverance, que pousou no planeta em 18 de fevereiro em uma missão para buscar sinais de vida extraterrestre.

Perseverance enviou um vídeo a cores que mostra a decolagem do helicóptero e o pouso alguns segundos depois.

A Nasa deve divulgar mais imagens do voo nas próximas horas.

A agência espacial americana comparou a façanha desta segunda-feira ao primeiro voo motorizado na Terra, realizado pelos irmãos Wright em 1903 na Carolina do Norte, Estados Unidos.

A Nasa incluiu um pedaço do tecido do avião dos Wright no Ingenuity em homenagem.

"Conversamos durante tanto tempo sobre nosso momento irmão Wright em Marte e aqui está", afirmou a principal engenheira do projeto, MiMi Aung, a sua equipe.

A agência havia programado o voo para 11 de abril, mas adiou por um problema de software que foi identificado durante um teste de alta velocidade dos rotores do helicóptero.

O problema foi solucionado com uma atualização do software e a mudança do código do computador.

Ao contrário do rover Perseverance, o objetivo do Ingenuity é apenas demonstrar que sua tecnologia funciona. O aparelho não contribuirá para as metas científicas da missão para compreender melhor as características de Marte.