Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Sindicato pede nova votação no armazém da Amazon no Alabama
Os organizadores de uma campanha fracassada para conseguir a criação do primeiro sindicato da Amazon, em um armazém no Alabama, pediram uma nova votação, alegando que o gigante da tecnologia e do comércio eletrônico havia interferido indevidamente na votação

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Os organizadores de uma campanha fracassada para conseguir a criação do primeiro sindicato da Amazon, em um armazém no Alabama, pediram uma nova votação, alegando que o gigante da tecnologia e do comércio eletrônico havia interferido indevidamente na votação.

O Sindicato dos Varejistas, Atacadistas e Lojas de Departamento apresentou na sexta-feira objeções na Junta Nacional de Relações Trabalhistas, acusando a Amazon de "ter criado uma atmosfera de confusão, pressão e/ou medo de retaliação, interferindo assim na liberdade de escolha dos funcionários", segundo um comunicado.

De acordo com a contagem feita no início deste mês, o voto pelo correio no depósito do Alabama foi rejeitado por uma margem de dois para um, uma dura derrota na tentativa de criar o primeiro sindicato em uma instalação da Amazon nos Estados Unidos.

O resultado encerrou uma dura batalha de meses que gerou um intenso debate sobre as condições de trabalho na empresa americana, que tem mais de 800.000 funcionários no país.

rl/ft/gma/dga/mr