Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Djokovic e Nadal estreiam com vitória no saibro em Monte Carlo
O sérvio Novak Djokovic, número 1 do ranking da ATP, e o espanhol Rafael Nadal estrearam com vitória na segunda rodada do Torneio de Monte Carlo, primeira competição no saibro na qual os dois tenistas participam nesta temporada

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O sérvio Novak Djokovic, número 1 do ranking da ATP, e o espanhol Rafael Nadal estrearam com vitória na segunda rodada do Torneio de Monte Carlo, primeira competição no saibro na qual os dois tenistas participam nesta temporada.

Nadal, número 3 do mundo, que não participava de competições desde sua eliminação nas quartas de final do Aberto da Austrália em fevereiro, se classificou para as oitavas depois de derrotar facilmente o argentino Federico Delbonis (87º), por 6-1, 6-2, em 1 hora e 20 minutos.

"Fiz um jogo sólido. Nada de extraordinário, mas também nada ruim. Apenas um jogo sólido, uma boa estreia. Acho que fiz o que era necessário", comentou o espanhol ao fim do duelo.

Na próxima fase, Rafa Nadal, que busca o 12º título no saibro em Mônaco, enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov (17º), que derrotou o francês Jérémy Chardy.

"Sim, estou bem. Tenho treinado bem nestas últimas três ou quatro semanas e, sinceramente, me sinto bem. Posso ganhar, posso perder, posso jogar mais ou menos bem, mas física e mentalmente estou feliz por estar de volta ao circuito", afirmou o tenista da Espanha que estava há cerca de quatro meses com um problema nas costas.

Em Mônaco, a bolha sanitária imposta pela ATP aos jogadores parece menos rígida do que em outros torneios, e os participantes da competição que residem no Principado podem ficar em suas casas, desde que façam um teste anticovid diário e respeitem as regras impostas ao resto dos tenistas, confinados em um hotel oficial como Nadal.

Mas pelo menos no Principado é permitido sair uma hora por dia, independentemente do tempo passado no centro esportivo onde é disputada a competição.

"Não parece grande coisa, mas poder caminhar uma hora fora do hotel é uma grande diferença. Pelo menos você pode respirar ar fresco, mesmo que não possamos ir a um restaurante ou às lojas. Mentalmente ajuda, é uma melhoria", reconheceu Nadal.

Isso não significa que a covid-19 não possa causar estragos no circuito, como aconteceu com o russo Daniil Medvedev, número 2 do mundo, que testou positivo para o coronavírus na segunda-feira e, portanto, não pode participar de Monte Carlo.

"Não me preocupei porque apesar de ter treinado com ele, nunca cheguei perto", disse o espanhol.

"Sinto uma pena especial por ele. Nunca estive a quatro metros dele, exceto no final do dia, um momento para cumprimentá-lo", comentou Nadal.

Já o sérvio Novak Djokovic também dominou facilmente o promissor italiano Jannik Sinner (22º mundo), por 6-4, 6-2, em 1 hora e 34 minutos, em sua estreia na segunda rodada de Monte Carlo , onde retorna às quadras após a conquista do Aberto da Austrália em fevereiro.

O número um do mundo, visivelmente recuperado da lesão abdominal que o incomodava em Melbourne, enfrentará por uma vaga nas quartas de final o britânico Daniel Evans (33º), que bateu o polonês Hubert Hurkacz (16º).