Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Justiça sul-africana pede que Jacob Zuma sugira a pena para ser condenado
Em um pedido completamente incomum, a Justiça sul-africana pediu ao ex-presidente Jacob Zuma, julgado por "desacato", que sugira qual deveria ser a sentença caso seja declarado culpado

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Em um pedido completamente incomum, a Justiça sul-africana pediu ao ex-presidente Jacob Zuma, julgado por "desacato", que sugira qual deveria ser a sentença caso seja declarado culpado. Ele tem até quarta-feira para fazer a sugestão.

O ex-chefe de Estado, que na segunda-feira celebrou seu 79º aniversário, ignora a Comissão encarregada de investigar a corrupção generalizada durante seus nove anos no poder.

Em fevereiro, após várias rejeições de se declarar, a comissão, presidida pelo juiz Raymond Zondo, pediu ao Tribunal Constitucional, máxima instância judicial, que concedesse ao ex-presidente uma pena de dois anos de prisão por "desacato à Justiça".

Em uma carta que data de sexta-feira, o Tribunal Constitucional solicita que Zuma opine "qual seria sua sanção correspondente".

Os juízes "querem demonstrar que esgotaram as possibilidades para ouvi-lo e se preparam para impor uma condenação severa", explicou James Grant, advogado especializado em direito constitucional.

Zuma já declarou que está preparado para que "a lei siga seu curso", afirmando que não teme ser detido, condenado ou preso.

ho/cld/ayv/age/mb/aa