Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Ministro da Saúde austríaco renuncia, 'esgotado' pela pandemia
O ministro austríaco da Saúde, Rudolf Anschober, anunciou nesta terça-feira (13) sua demissão, declarando-se "esgotado" pela gestão da pandemia de covid-19

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O ministro austríaco da Saúde, Rudolf Anschober, anunciou nesta terça-feira (13) sua demissão, declarando-se "esgotado" pela gestão da pandemia de covid-19.

Depois de "15 meses que me pareceram 15 anos [...], me demito do meu cargo", declarou o ministro, um ambientalista de 60 anos, visivelmente emocionado, em uma coletiva de imprensa em Viena.

"Há várias semanas estou esgotado e me falta energia", explicou.

O ministro, que esteve internado no mês passado por "problemas cardiovasculares" será substituído por Wolfgang Mückstein, de 46 anos, a partir de segunda-feira.

Anschober foi nomeado ministro da Saúde em janeiro de 2020 dentro da coalizão com os conservadores do chanceler Sebastian Kurz, pouco antes dos primeiros casos de coronavírus serem detectados na Áustria.

"O ministério se tornou de um dia para o outro o centro de gestão da crise da pandemia", disse ele, mencionando as centenas de ordens adotadas naquela época. "Apesar dos erros, fizemos muitas coisas certas", considerou.

A Áustria, um país de 8,9 milhões de habitantes, registra até agora 9.700 mortes por covid-19.

Em um comunicado, Sebastian Kurz agradeceu a Anschober por ter "se sacrificado pelo nosso país", enquanto o presidente Alexander Van der Bellen elogiou no Twitter seu "esforço incansável".

jza-bg-anb/sg/jvb/mar/aa