Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Irã acusa Israel de ataque contra centro nuclear de Natanz
O Irã acusou Israel, nesta segunda-feira (12), de estar por trás do ataque do dia anterior contra sua planta de enriquecimento de urânio em Natanz, dando a entender que danificou as centrífugas encarregadas desse processo, e prometeu "vingança"

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O Irã acusou Israel, nesta segunda-feira (12), de estar por trás do ataque do dia anterior contra sua planta de enriquecimento de urânio em Natanz, dando a entender que danificou as centrífugas encarregadas desse processo, e prometeu "vingança".

"Com esta ação, o regime sionista obviamente tentou se vingar do povo iraniano pela paciência e sabedoria que demonstrou em relação ao levantamento das sanções", disse o porta-voz do Ministério iraniano das Relações Exteriores, Said Khatibzadeh, em um entrevista coletiva em Teerã.

Khatibzadeh acusou Israel, indiretamente, de sabotar as discussões em andamento em Viena. Esta rodada de diálogo tem como objetivo tentar fazer os Estados Unidos voltarem ao acordo internacional de 2015, o qual versa sobre o programa nuclear iraniano, e suspender as sanções impostas contra Teerã desde que Washington deixou o pacto em 2018.

No domingo (11), a Organização de Energia Atômica Iraniana (AIEA) anunciou que a planta de enriquecimento de urânio de Natanz sofreu um apagão como resultado de um ato de "terrorismo antinuclear", que não deixou vítimas, nem "contaminação".

Ainda é "muito cedo" para determinar os danos materiais causados pelo ataque, declarou Khatibzadeh nesta segunda.

"É preciso inspecionar cada centrífuga para ter um balanço dos danos", afirmou.

O incidente aconteceu um dia depois que o complexo Chahid-Ahmadi-Rochan de Natanz ter posto novos conjuntos de centrífugas em funcionamento, apesar de estarem proibidas pelo acordo sobre o programa nuclear iraniano de 2015.

amh-mj/mdz/mar/zm/tt