Últimas Notícias
INTERNACIONAL
México supera os 209.000 mortos por covid-19 após ajustar números
O governo do México ajustou neste sábado os números de covid-19 para incluir casos suspeitos sem testes de 2020, o que elevou as mortes para 209

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O governo do México ajustou neste sábado os números de covid-19 para incluir casos suspeitos sem testes de 2020, o que elevou as mortes para 209.212 e os contágios até 2.278.420, informou a Secretaria da Saúde.

Com esta nova estimativa, o número de mortos aumentou 2.192 e o de casos em 6.356 em 24 horas, embora grande parte dos casos neste novo relatório não tenham sido registrados em seu momento.

É o número mais alto desde 5 de outubro passado, quando o governo mexicano ajustou os critérios para contabilizar as mortes por coronavírus, que na época somavam 2.789 em 24 horas.

"Essas mortes não se apresentaram no dia de ontem para hoje, são parte de um processo de correção e 67% das mortes correspondem a 2020", reiterou Gabriela Nucamendi, diretora de Vigilância Epidemiológica, em coletiva de imprensa.

O governo mexicano disse recentemente que o número real de mortes por covid-19 é provavelmente ao menos 60% mais alto que o número confirmado, segundo um relatório oficial atualizado sobre excesso de mortalidade no país.

México, de 126 milhões de habitantes, é o terceiro país mais afetado pela covid-19 em números absolutos com mais de 209.000 óbitos e 2,2 milhões de casos, segundo dados oficiais.

A vacinação na nação latino-americana começou em 24 de dezembro com os profissionais da saúde que enfrentam a pandemia, e atualmente está focada nas pessoas da terceira idade, com a qual o governo espera reduzir as mortes em 80%.

nc/rsr/aa