Últimas Notícias
GERAL
Anvisa: Roche entra com pedido para uso de medicamento contra a covid-19
A empresa de produtos químicos e Farmacêuticas Roche entrou com um pedido para o uso emergencial de um medicamento conta a Covid-19, informou ontem, 2, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que avaliará a solicitação em até 30 dias, caso não seja necessário pedir documentação adicional para concluir a análise técnica

Por Estadão Conteúdo

Crédito: Divulgação/Internet

A empresa de produtos químicos e Farmacêuticas Roche entrou com um pedido para o uso emergencial de um medicamento conta a Covid-19, informou ontem, 2, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que avaliará a solicitação em até 30 dias, caso não seja necessário pedir documentação adicional para concluir a análise técnica.

Segundo boletim à imprensa, o medicamento é resultado da combinação de dois fármacos biológicos (casirivimabe + imdevimabe). A Anvisa informa que as primeiras 72 horas serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e verificar se os documentos necessários estão disponíveis.

Foram entregues pela Roche 3.626 páginas de dados e informações sobre o medicamento. Se houver informação importante faltando, a Anvisa pode solicitar ao laboratório. Para fazer a avaliação, a Anvisa utilizará o relatório técnico emitido pela autoridade americana (Food and Drug Administration - FDA).

De acordo com informações disponíveis no site do grupo Roch, o coquetel de medicamentos conta Covid foi testados em aproximadamente 23 mil pessoas em ensaios clínicos realizados em fevereiro de 2021. Os ensaios foram realizados em pacientes não hospitalizados e certos pacientes hospitalizados, incluindo o ensaio aberto em pacientes hospitalizados no Reino Unido e um ensaio para a prevenção de covid-19.