Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Para o chefe da Otan 'todas as opções estão abertas"'sobre a retirada do Afeganistão
O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, disse nesta segunda-feira (22) que "todas as opções permanecem abertas" no Afeganistão, enquanto os aliados esperam que os Estados Unidos decidam sobre um prazo de retirada

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, disse nesta segunda-feira (22) que "todas as opções permanecem abertas" no Afeganistão, enquanto os aliados esperam que os Estados Unidos decidam sobre um prazo de retirada.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, participará esta semana em Bruxelas de reuniões com os chanceleres da Otan.

Uma das questões críticas na agenda dessas reuniões é o futuro da missão da Aliança Atlântica com 9.600 homens no Afeganistão, depois que o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump chegou a um acordo com o Talibã para retirar as tropas em 1º de maio.

"Não há opções fáceis e, por enquanto, todas permanecem abertas. A situação de segurança está difícil e tomaremos as medidas necessárias para manter nossas tropas seguras", disse Stoltenberg em entrevista coletiva.

O presidente dos EUA, Joe Biden, está revendo esse acordo e disse na semana passada que seria "difícil" para Washington cumprir essa data.

Os aliados da Otan disseram que estão dispostos a ficar mais tempo no Afeganistão, se Washington decidir pelo mesmo.

Em virtude do acordo selado com Washington, o Talibã prometeu entrar em negociações de paz com o governo afegão, mas as negociações avançaram pouco e os combates pioraram, especialmente nas áreas rurais.

Os principais centros urbanos também estão passando por uma onda de ataques contra políticos, funcionários públicos, acadêmicos, ativistas de direitos humanos e jornalistas.

del/ahg/mb/mr