Últimas Notícias
ECONOMIA
Líder se compromete com recomposição de verbas para educação, saúde e censo
Em uma tentativa para vencer a oposição e acelerar a aprovação do Orçamento 2021, o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), se comprometeu a recompor verbas para educação, saúde e realização do censo demográfico após a aprovação da peça, em projetos futuros

Por Estadão Conteúdo

Crédito: Divulgação/Internet

Em uma tentativa para vencer a oposição e acelerar a aprovação do Orçamento 2021, o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), se comprometeu a recompor verbas para educação, saúde e realização do censo demográfico após a aprovação da peça, em projetos futuros. O parlamentar informou que isso poderá ser feito pela abertura de créditos suplementares em projetos futuros, mas não estabeleceu prazo.

"Façamos na próxima semana ou no primeiro momento, uma reunião para estudarmos a tempo, uma discussão breve sobre composição do orçamento das universidades, na área da saúde, assuntos que são primordiais", disse Gomes no plenário do Congresso. "A gente quer fazer esse compromisso de público", acrescentou.

Segundo ele, foi discutido no Colégio de Líderes, uma proposta sobre ajustes no Orçamento ao longo do ano. "Sabendo que a característica da execução do orçamento no período da pandemia, pelo o que vimos em 2020, é possível que vivenciamos no Congresso, momentos em que será preciso rever o orçamento, ajustes, em relação à áreas sensíveis da população brasileira", disse.

Gomes e representantes da oposição estão discutindo agora os termos do acordo que pode acelerar a votação desta quinta-feira.