Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Trinta mortos em dois dias de combates entre o exército e uma milícia na RDCongo
Trinta pessoas, incluindo 11 civis, morreram em dois dias de combates entre o exército congolês e um grupo armado em Ituri, nordeste da República Democrática do Congo (RDC), de acordo com um balanço divulgado nesta quinta-feira pelos militares

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Trinta pessoas, incluindo 11 civis, morreram em dois dias de combates entre o exército congolês e um grupo armado em Ituri, nordeste da República Democrática do Congo (RDC), de acordo com um balanço divulgado nesta quinta-feira pelos militares.

Na ofensiva de segunda-feira das milícias da Codeco (Cooperativa para o Desenvolvimento do Congo) contra as localidades de Tchele e Garua, "11 civis morreram, assim como dois soldados e um policial", afirmou à AFP o tenente Jules Ngongo, porta-voz do exército em Ituri.

Na contraofensiva de terça-feira, "16 milicianos foram neutralizados" (mortos), completou o militar. O exército informou que perseguiu os insurgentes até sua base em Mbau.

As duas localidades afetadas pelos confrontos estão "sob controle" do exército, afirmou o oficial.

Tchele e Garua, localidades ricas em ouro, ficam no território de Djugu, 60 km ao norte de Bunia, capital da província de Ituri.

Nesta região, as milícias da Codeco, divididas em várias facções, são acusadas pela sociedade civil local de praticar a extração ilegal de ouro.

A milícia Codeco alega defender os interesses dos Lendu, uma das comunidades da região de Ituri.

str-bmb/mbb/jhd/mab/mis/fp