Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Holanda tem último dia de eleições, teste sobre a gestão da pandemia
Os holandeses comparecem às urnas nesta quarta-feira, o terceiro e último dia das eleições legislativas, consideradas um teste da gestão da pandemia pelo atual governo e que, exceto uma surpresa, resultarão no quarto mandato do primeiro-ministro Mark Rutte

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Os holandeses comparecem às urnas nesta quarta-feira, o terceiro e último dia das eleições legislativas, consideradas um teste da gestão da pandemia pelo atual governo e que, exceto uma surpresa, resultarão no quarto mandato do primeiro-ministro Mark Rutte.

Os locais de votação abriram as portas às 7h30 (3H30 de Brasília). As eleições começaram na segunda-feira para as pessoas que têm mais risco de contrair a covid-19 e terminam nesta quarta-feira, um sistema adaptado devido à pandemia.

A votação prosseguirá até 21H00 (17H00 de Brasília) e as primeiras estimativas devem ser divulgadas pouco depois.

As pesquisas apontam o Partido Popular pela Liberdade e a Democracia (VVD) de Mark Rutte, um dos chefes de Governo mais longevos da Europa, como o grande vencedor, com quase 25% das intenções de voto.

Em um primeiro momento, as autoridades holandesas adotaram medidas anticovid muito mais flexíveis que os países vizinhos, mas nos últimos meses anunciaram um sistema mais rígido.

A Holanda, de 17 milhões de habitantes, registrou 1,1 milhão de casos de coronavírus e quase 16.000 mortes.

Rutte, conhecido como primeiro-ministro "teflon" por sua capacidade de escapar ileso das crises políticas, se viu obrigado a renunciar em janeiro depois que milhares de pais foram acusados de maneira equivocada de fraude para receber auxílios familiares.

O governo continuou responsável pelos assuntos do dia a dia até as eleições.

As pesquisas mostram que o VVD ficará muito à frente de seu principal rival, o Partido para a Liberdade (PVV) do deputado anti-islã Geert Wilders, que tem 13% das intenções de voto.

cvo/pz/me/fp