Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Casa Branca não pretende convidar Trump para campanhas de vacinação
A Casa Branca acredita que o ex-presidente Donald Trump deveria se envolver nos esforços para vencer as reticências de parte da população em relação às vacinas contra a Covid-19, principalmente no campo republicano, mas o atual governo não pretende pedir a ele que o faça

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

A Casa Branca acredita que o ex-presidente Donald Trump deveria se envolver nos esforços para vencer as reticências de parte da população em relação às vacinas contra a Covid-19, principalmente no campo republicano, mas o atual governo não pretende pedir a ele que o faça.

Os ex-presidentes Jimmy Carter, George W. Bush, Bill Clinton e Barack Obama se mobilizaram nas últimas semanas com uma mensagem simples: devemos nos vacinar. Mas Trump se mantém afastado dessa iniciativa.

"Todos os demais ex-presidentes se envolveram em campanhas de conscientização, não precisaram de um convite formal", assinalou nesta segunda-feira Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca. "Se o ex-presidente Trump acordar amanhã e decidir falar com mais clareza sobre a eficácia das vacinas, certamente estaremos a favor."

Ao ser questionado sobre o assunto, o presidente Joe Biden minimizou a importância do tema. "Conversei com minha equipe a respeito. Acreditam que o que os médicos ou funcionários locais dizem é mais importante do que o que Trump possa dizer aos apoiadores do Maga", respondeu, referindo-se ao lema de campanha de seu antecessor ("Make America Great Again").

Donald e Melania Trump vacinaram-se em janeiro, semanas antes de deixarem a Casa Branca, mas a informação foi divulgada por seus parentes semanas depois.

jca/vgr/dg/gma/lb