Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Rummenigge não quer liberar Flick para o cargo de técnico da seleção alemã
O presidente do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, não tem intenção de permitir que seu treinador Hansi Flick, campeão de seis competições no ano passado e cujo nome está entre os favoritos para ocupar o cargo de técnico da seleção alemã, substitua Joachim Löw após a próxima Eurocopa

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O presidente do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, não tem intenção de permitir que seu treinador Hansi Flick, campeão de seis competições no ano passado e cujo nome está entre os favoritos para ocupar o cargo de técnico da seleção alemã, substitua Joachim Löw após a próxima Eurocopa.

"Seríamos loucos se deixássemos nosso treinador partir prematuramente", disse Rummenigge nesta segunda-feira, citado pela agência alemã DPA.

O dirigente do clube bávaro garantiu que se encontrou com o presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Fritz Keller, que o tranquilizou: "Considero séria e correta a decisão da DFB de não contactar nenhum treinador com contrato que vá além do dia 30 de junho de 2021", disse Rummenigge na entrevista.

Flick assinou com o Bayern até junho de 2023.

"Estamos atualmente vivendo o período de maior sucesso da história do FC Bayern", acrescentou Rummenigge, que por isso quer que Flick cumpra o seu contrato até o fim. "Cada acordo inclui direitos, mas também deveres", justificou o presidente.

Flick parece, no entanto, o candidato ideal para suceder Löw, ao deixar o cargo após a disputa da próxima Euro, já que o atual técnico do clube bávaro conhece bem os meandros da seleção por ter sido assistente de Löw durante a Copa do Mundo de 2014, na qual a Alemanha se sagrou tetracampeã.

Além disso, seu desconforto público com o atual diretor esportivo do Bayern, Hasan Salihamidzic, também contribui para os rumores de uma saída.

Outro nome que a imprensa alemã cogita para suceder Löw, que anunciou que deixaria o cargo no próximo verão (europeu) após 15 anos como técnico, é Ralf Rangnick, atualmente sem contrato depois de ter sido o arquiteto do sucesso do RB Leipzig.

O nome de Lothar Matthäus, que detém o recorde de jogos pela seleção da Alemanha (150), também foi mencionado, mas sua experiência no comando de seleções se resume a uma dúzia de jogos como técnico da seleção búlgara em 2010-2011.

cpb/chc/mcd/aam