Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Belarus expulsou cônsul polonês por homenagear soldados da II Guerra Mundial
Belarus anunciou nesta terça-feira (9) a expulsão de um cônsul polonês e protestou "fortemente" por sua participação em uma manifestação que homenageou os soldados poloneses que na Segunda Guerra Mundial lutaram contra a ocupação alemã e soviética

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Belarus anunciou nesta terça-feira (9) a expulsão de um cônsul polonês e protestou "fortemente" por sua participação em uma manifestação que homenageou os soldados poloneses que na Segunda Guerra Mundial lutaram contra a ocupação alemã e soviética.

"Transformar criminosos de guerra em heróis é totalmente inaceitável", declarou a diplomacia bielorrussa em um comunicado.

No texto, explica sua decisão de expulsar o cônsul polonês em Brest (sudoeste), Jerzy Timofejuk.

Na Polônia, o Dia dos "Soldados Amaldiçoados" é comemorado todo dia 1º de março desde 2011.

De acordo com o comunicado da diplomacia bielorrussa, uma manifestação "informal" dedicada a este dia e organizada por organizações relacionadas com a Polônia aconteceu em Brest, uma cidade situada na fronteira com a Polônia, no dia 28 de fevereiro com a participação de Jerzy Timofejuk.

Na terça-feira, o encarregado de negócios polonês em Belarus foi convocado ao Ministério das Relações Exteriores, que "protestou fortemente" contra a participação de Timofejuk nesta reunião.

"No nosso país, o incitamento ao ódio racial, nacional, religioso (...) e a reabilitação do nazismo é um crime", ressalta o comunicado.

Batalhões de resistência formados para lutar contra os ocupantes alemães na Segunda Guerra Mundial, os "soldados amaldiçoados" poloneses se lançaram na luta contra a ocupação soviética, às vezes agindo com violência e atacando aqueles que não eram poloneses, especialmente bielorrussos.

Sua luta contra o poder soviético continuou até a década de 1950.

bur-mp/lpt/eg/mb/mr