Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Presidente ucraniano pede cúpula sobre agravamento do conflito
O presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, convocou uma cúpula com países europeus nesta terça-feira(9) e propôs um encontro com seu homólogo russo, Vladimir Putin, para reduzir as tensões no leste, palco de confrontos com separatistas pró-russos

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, convocou uma cúpula com países europeus nesta terça-feira(9) e propôs um encontro com seu homólogo russo, Vladimir Putin, para reduzir as tensões no leste, palco de confrontos com separatistas pró-russos.

A violência aumentou recentemente no extremo leste da Ucrânia, apesar do cessar-fogo do ano passado para deter o conflito que eclodiu em 2014 após a anexação da Crimeia pela Rússia.

Zelenski disse a jornalistas que negociações com a Rússia e países europeus estão sendo programadas.

"A reunião está sendo preparada. Deve ser realizada", disse o presidente ucraniano a jornalistas ucranianos em um fórum sobre cultura e mídia na capital Kiev.

Rússia, Alemanha e França se reuniram em 2019, logo após Zelenski ser eleito para a presidência, em uma cúpula com o objetivo de resolver o conflito na Ucrânia.

Caso a cúpula não seja realizada, o presidente disse que está disposto a se reunir com os líderes desses três países separadamente.

Isso marcaria o primeiro encontro cara a cara entre Zelenski e Putin desde que o líder ucraniano assumiu o poder.

Oito soldados ucranianos foram mortos em confrontos com separatistas pró-russos desde a retomada dos combates em meados de fevereiro.

A Ucrânia e seus aliados ocidentais acusam a Rússia de apoiar os separatistas com soldados e armas, mas Moscou nega.

Na semana passada, o Kremlin acusou as forças ucranianas de provocarem a escalada da violência e disse estar "profundamente preocupado com as crescentes tensões" na linha de frente.

osh/jbr/jvb/mb/jc