Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Forças de segurança birmanesas cercam 200 manifestantes em Yangon (ONU)
O Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos expressou, nesta segunda-feira (8), preocupação com o destino de 200 manifestantes, incluindo mulheres, cercados pelas forças de segurança birmanesas em Yangon

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos expressou, nesta segunda-feira (8), preocupação com o destino de 200 manifestantes, incluindo mulheres, cercados pelas forças de segurança birmanesas em Yangon.

"#Mianmar: Estamos profundamente preocupados com o destino de 200 manifestantes pacíficos - incluindo mulheres - que foram cercados pelas forças de segurança em Yangon e correm o risco de prisão ou maus-tratos. Instamos a polícia a permitir que eles saiam com segurança e sem retaliação", tuitou o serviço da comissária Michelle Bachelet.

vog/ap/sg/mr