Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Partido de Merkel cai nas pesquisas por pandemia
Os conservadores da chanceler alemã, Angela Merkel, caíram para 32% nas intenções de voto, menos do que nas eleições legislativas anteriores, devido às críticas à gestão da pandemia, segundo pesquisa publicada neste domingo (7)

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Os conservadores da chanceler alemã, Angela Merkel, caíram para 32% nas intenções de voto, menos do que nas eleições legislativas anteriores, devido às críticas à gestão da pandemia, segundo pesquisa publicada neste domingo (7).

A queda é de dois pontos em uma semana e também o nível mais baixo alcançado em um ano pela CDU de Merkel e seu aliado bávaro CSU, de acordo com a pesquisa do jornal Bild.

Os conservadores alemães atingiram um teto de quase 40% das intenções de voto durante a primeira onda da pandemia na primavera de 2020, quando a Alemanha se saiu bem no combate à covid.

Dois movimentos críticos às restrições sanitárias em vigor aproveitam a queda: a extrema direita da Alternativa para a Alemanha (AfD), que chega a 10%, e os liberais da DPF (9%), segundo a pesquisa.

Esta má notícia para a chanceler chega faltando uma semana para duas eleições regionais, em Baden-Württemberg e na Renânia-Palatinado, que são vistas como um teste antes das eleições legislativas no final de setembro.

O governo Merkel, chanceler desde 2005 e que não disputará a reeleição, é alvo de críticas pela lentidão na vacinação, falhas na distribuição de testes e pelo cansaço da população com as restrições.

ylf/jhd/tjc/es/mr