Últimas Notícias
VARIEDADES
Caetano revive exílio em Londres durante live do Cultura Inglesa Festival
Caetano Veloso foi preso em 1969 pela ditadura militar. Depois de três meses na cadeia, experiência que ele revive e compartilha no livro e no documentário Narciso em Férias, o cantor e compositor deixou o Brasil ao lado de Gilberto Gil para uma temporada de exílio, e sobrevivência, em Londres

Por Estadão Conteúdo

Crédito: Divulgação/Internet

Caetano Veloso foi preso em 1969 pela ditadura militar. Depois de três meses na cadeia, experiência que ele revive e compartilha no livro e no documentário Narciso em Férias, o cantor e compositor deixou o Brasil ao lado de Gilberto Gil para uma temporada de exílio, e sobrevivência, em Londres. Sua passagem pela capital inglesa, onde nasceram dois dos mais importantes discos de sua carreira, será o ponto de partida para a conversa entre Caetano Veloso e o escritor Felipe Franco Munhoz neste domingo, 7, às 19h. O bate-papo é um dos destaques do Cultura Inglesa Festival, que começa neste sábado, 6, e terá uma vasta programação, gratuita e online, até o dia 28 de março, com transmissão pela plataforma do projeto.

Autor dos livros Identidades e Mentiras, Felipe conta que conhece Caetano Veloso há mais de 10 anos e que tentou, neste novo encontro online, que já foi gravado, reeditar esses momentos. "Sempre que nos encontramos, conversamos muito sobre arte e literatura. De minha parte, foi uma tentativa de que acontecesse, com câmeras ligadas, uma dessas conversas (mas pontuada por certo recorte temático)", conta o escritor.

Ele revela, ainda, que sugeriu para Caetano cantar algumas canções dos discos Caetano Veloso e Transa, os dois de sua fase londrina. "Deu certo", comenta. E completa: "Foi muito emocionante escutar e ver Caetano, grande gênio do nosso tempo, através dessa nova forma: o encontro virtual, no Zoom. Caetano foi uma das últimas pessoas que encontrei (tridimensionalmente) antes da quarentena, no início de 2020. De certa forma, foi um jeito (ainda que em público e bidimensionalmente) de matar as saudades". No encontro que terá duração de uma hora e poderá ser visto on demand até o dia 28 na plataforma, Caetano comenta a experiência do exílio nos anos 60 e a influência da música britânica em seu processo criativo.

Caetano Veloso volta ao centro da programação no dia 18, por meio de sua música. O cantor Diego Moraes vai apresentar o show London London, com o repertório do cantor em inglês, do álbum Transa, ao vivo, a partir das 19h, ao lado da baterista Andressa Pezzuol e do pianista Luis Chamis. Assim como a ‘live’ do dia 7, essa apresentação também poderá ser vista depois, até o fim do Festival da Cultura Inglesa.

Em sua 24ª edição, o evento terá uma ampla e diversificada programação, com atrações para todas as idades e em diferentes linguagens. A abertura, que seria neste sábado, 6, das 20h às 22h, virou encerramento depois que a cidade entrou na fase vermelha do Plano São Paulo de combate ao coronavírus. Assim, a intervenção urbana Culture (Re)start, uma performance audiovisual exclusiva das DJs Aisha e Yaminah, primas que trabalham com músicas que exaltam a cultura, principalmente a afro brasileira, e do DJ Craca, que une música eletrônica, rap e sonoridades eletrônicas a instrumentos e ritmos tradicionais, será no dia 27, às 20h. O evento será transmitido ao vivo e contará com projeções de grande escala na fachada do Centro Brasileiro Britânico, em Pinheiros.

Haverá ainda a releitura de clássicos da música pop e erudita britânica, exibição de filmes e documentários inéditos, apresentações de dança e poesia, artes visuais e até de mágica para as crianças. Outros dois destaques: o DepicT! Brasil, versão brasileira da competição britânica de filmes de 90 segundos, e o 1º Slam CI, campeonato de poesia falada. A programação completa pode ser acessada no site do evento e as atrações podem ser conferidas durante todo o período do festival.

Veja os destaques da programação do Festival da Cultura Inglesa 2021

Música

Dia 7

19h: Caetano em Londres, show-conversa entre o músico e o escritor Felipe Franco Munhoz

Dia 11

21h: São Yantó apresenta sua releitura do repertório da banda britânica Queen

Dia 12

21h: Blubell apresenta sua releitura do icônico White Album dos Beatles, tocado na íntegra e na ordem original

Dia 13

21h: Anelis Assumpção canta Bob Marley

Dia 14

15h: (Re)Versões Música Clássica: Homenagem a Julian Bream, com a violonista e aluna da Cultura Inglesa Gabriele Leite

21h: Luciana Paes faz tributo a Amy Winehouse ao lado do pianista Danilo Penteado

Dia 18

19h: Show London London, com Diego Moraes cantando músicas do disco Transa, de Caetano Veloso

Dia 20

19h: Luedji Luna convida Anaiis: Pocket show ao vivo com Luedji Luna, tocando seu repertório e apresentando o projeto de colaboração internacional com Anaiis, artista franco-senegalesa baseada em Londres

Poesia

Dia 8

21h: Marisa Orth e Cida Moreira (Interpretação da obra literária Um quarto todo delas)

Dia 9

21h: Chris Couto e Claudia Missura (Interpretação de Cantos Nômades)

Dia 10

21h: Dani Nega e Natasha Felix (Interpretação de Metáforas Físicas)

Slam

Dia 12

18h: CIF Talks "O que é Slam?", com Roberta Estrela D’Alva

Dia 13

18h: Masterclass "Slam e Impacto Social", com Joelle Taylor

Dia 17

18h: Oficina "Slam para Todes!", com Emerson Alcade

Dias 20 e 21

Emininatória

Dança

Todos os dias, com apresentações de 10 minutos, para ver on demand, com Florido, Darlita Albino, Maria Emilia Gomes e Ivan Manavi fazendo performances de Queen, Beatles, Bob Marley e Amy Winehouse

Cinema

De 7 a 11

18h: Crip Tales: Mostra britânica de filmes escritos, dirigidos e performados por artistas com deficiência, que contam histórias de superação

De 6 a 28

Cultura Inglesa À la Carte: Mostra de cinema britânico em parceria com a plataforma Petra Belas Artes à la carte, com filmes como French Dressing, Contraponto, O Golpe - The Hit, O Criado, O Último Imperador, A Fortuna de Ned, Mistérios e Paixões, Traídos pelo Desejo, Beleza Roubada, Ventos da Liberdade, Caravaggio, Quando o Coração Floresce, Peeping Tom - A Tortura do Medo, Vozes Distantes, Glastonbury e Joe Strummer: O Futuro Não Está Escrito

De 12 a 28

DepicT! Brasil: Versão brasileira da competição britânica de filmes de 90 segundos que desafia seus participantes a criarem vídeos curtos de até 90 segundos, usando qualquer tipo de equipamento de filmagem

Visuais

De 9 a 28

Esculturas submersas: Exibição em vídeo do projeto artístico Underwater Sculptures do escultor, fotógrafo e ambientalista britânico, Jason de Caires

Para crianças

De 6 a 28

Papergee e Aranha. Animação do grupo britânico Visible Fictions que conta, de maneira poética, as aventuras de uma menina de papel e sua amiga uma aranha

Dias 6, 7, 13 e 14

11h: Contação de histórias ‘o Kow’. Contos de fadas britânicos são revisitados pela artista Marcia Nemer em um espetáculo para crianças que mistura contação de histórias e desenho de maneira interativa

Dia 6

18h: News News News. Programa de notícias escrito e protagonizado por oito adolescentes de 12 a 15 anos, alunos da Cultura Inglesa

Dias 13 e 14

11h: A reinvenção da mágica. Neste espetáculo para crianças e adolescentes, o mágico Alexandre Ogata leva seu público para uma jornada fantástica pela história da mágica através dos séculos, com truques, contos e personagens

Alexandre Ogata

De 6 a 28

Ciência e Tecnologia. Exibição de animações da Royal Institution of Great Britain sobre assuntos do espaço, tecnologia, matemática e oceanos para jovens de todas as idades: ‘Os sonhos de uma astronauta’, ‘Revelando os segredos do solo oceânico’ e ‘O que é zero?

Teatro

Dias 19 e 20 (21h) e 21 (20h)

HELP. O espetáculo mistura poesia, dramaturgia, música e performance, inspiradas na cultura caribenha. Concebido pelo ator Sidney Santiago Kuanza, Help parte da narração de três jovens sobreviventes de um processo de imigração no Caribe

Palestras, debates e cursos

Dia 15

19h: Arte e Inteligência Artificial. A internet em favor dos sonhos, uma conversa com a artista Gretchen Andrew, que em seu trabalho mistura arte, programação, teoria da informação e meta-data

Dia 16

19h: Mudando a conversa - Novas narrativas no Cinema: O premiado cineasta nigeriano/britânico Adeyemi Michael conversa com o cineasta e realizador brasileiro Jeferson De sobre as novas narrativas no cinema e seus processos criativos