Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Contágios em lares de idosos espanhóis caem após vacinação
Os casos da covid-19 caíram 95% entre janeiro e fevereiro nos lares de idosos espanhóis, onde teve início a aplicação das vacinas no país, de acordo com um relatório do governo

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

Os casos da covid-19 caíram 95% entre janeiro e fevereiro nos lares de idosos espanhóis, onde teve início a aplicação das vacinas no país, de acordo com um relatório do governo.

A primeira onda da pandemia atingiu duramente os lares de idosos espanhóis e, assim que as vacinas chegaram no final de dezembro, seus residentes e trabalhadores se tornaram um alvo prioritário da campanha de proteção.

O relatório publicado na noite de terça-feira pelo Instituto do Idoso e Serviços Sociais do governo espanhol indicou que os casos da covid-19 nesses centros passaram de 4.439 casos na semana de 18 de janeiro a 24 de janeiro para apenas 215 na semana de 15 a 21 de fevereiro.

O número de mortes confirmadas por covid-19 também caiu 77% no mesmo período, de 157 a 673 mortes.

Essa queda drástica no número de contágios e mortes em lares de idosos coincide com o início da aplicação, em meados de janeiro, das segundas doses da vacina.

A evolução nos restantes grupos também se mostrou menor, contida pelas fortes restrições implantadas para travar a terceira onda, embora a queda tenha sido mais gradual.

O relatório também oferece, pela primeira vez, um número oficial para o número de mortes em lares de idosos. De acordo com o governo, há 29.408 mortes com covid confirmadas por teste ou com suspeita de presença da doença desde o início da pandemia.

No início de dezembro, outro relatório do governo estimou que entre 47% e 50% das vítimas da primeira onda da epidemia ocorreram em lares de idosos.

No total, a Espanha soma quase 70 mil mortes confirmadas e mais de 3 milhões de casos da doença, segundo balanço oficial que subestima - como em muitos outros países - o real impacto do coronavírus.

Mais de 1,2 milhão de pessoas na Espanha já foram imunizadas com as duas doses contra a covid-19. O governo Pedro Sánchez espera vacinar 70% de seus 47 milhões de habitantes antes do fim do verão boreal.

tpe/dbh/jz/bn