Últimas Notícias
VARIEDADES
'A gente palhaçou mesmo', diz Boninho sobre Big Fone
Neste domingo, 28, a casa do Big Brother Brasil 21 recebeu uma ligação inusitada do Big Fone. Ao invés de terem um novo desafio, os participantes do reality show da Globo receberam um trote do Rafael Portugal

Por Estadão Conteúdo

Crédito: Divulgação/Internet

Neste domingo, 28, a casa do Big Brother Brasil 21 recebeu uma ligação inusitada do Big Fone. Ao invés de terem um novo desafio, os participantes do reality show da Globo receberam um trote do Rafael Portugal.

Em stories no Instagram, Boninho se pronunciou explicando que a iniciativa não passava de uma brincadeira da produção com os participantes que estavam há horas esperando uma ligação.

"Brincadeira do trote... acho que tenho uns 12 anos. Não consigo passar disso. E como aconteceu? A gente viu os caras parados lá, olhando o telefone. Não tem nenhuma sacação mágica, nenhum mistério. Nada disso", iniciou ele.

"Quando deu mais ou menos umas sete e meia, a gente se falou, eu, Tiago [apresentador] e Dourado, que é o diretor, e poxa, estão pedindo para fazer um trote. Os caras estão lá colados no telefone. O que a gente faz? Trote neles! Ligamos para o Rafa, mega parceiro, e olha: Toca o telefone", explicou.

"Não teve estratégia. A gente palhaçou mesmo. A gente se divertiu todo mundo junto, a ideia foi de vocês. Foi engraçado, a outra até respondeu. Mas é isso, trote é trote. Funcionou", contou Boninho, mencionando Lumena, que foi quem atendeu a ligação.

Entenda o caso

O Big Fone realmente tocou no sábado, 27. Carla Diaz atendeu e teve que indicar três pessoas ao paredão: Lumena, Rodolffo e Fiuk, estes dois últimos conseguiram escapar da eliminação.

Acreditando que o telefone tocaria de novo, Lumena resolveu não sair de perto do Big Fone desde então, com a expectativa de se tirar do paredão. Porém o que aconteceu foi uma chamada com Rafael Portugal brincando: "Estou chegando no estúdio, será que podem me mandar um carrinho elétrico, por favor? Não é da produção? Liguei errado, desculpa".