Últimas Notícias
INTERNACIONAL
Secretário-geral da ONU lamenta uso da pandemia para reprimir críticas
O secretário-geral da ONU, António Guterres, lamentou nesta segunda-feira (22) que a pandemia esteja sendo usada por determinados países, os quais não mencionou, para suprimir "vozes dissonantes" e silenciar a imprensa

Por AFP

Crédito: Divulgação/Internet

O secretário-geral da ONU, António Guterres, lamentou nesta segunda-feira (22) que a pandemia esteja sendo usada por determinados países, os quais não mencionou, para suprimir "vozes dissonantes" e silenciar a imprensa.

"Com a pandemia como pretexto, as autoridades de alguns países tomaram duras medidas de segurança e adotaram duras medidas para reprimir vozes dissonantes, abolir a maioria das liberdades fundamentais, silenciar os veículos de comunicação independentes e obstaculizar o trabalho de organizações não governamentais", criticou o chefe da ONU perante o Conselho de Direitos Humanos, em uma mensagem de vídeo pré-gravada.

Assim, acrescentou, "defensores dos direitos humanos, jornalistas, advogados, ativistas e até profissionais de saúde têm sido objeto de detenções, processos e intimidações e vigilância por criticarem as medidas - ou falta de medidas - tomadas para enfrentar a pandemia".

Além disso, "o acesso a informações vitais se viu dificultado em certa ocasiões, enquanto a desinformação mortal se amplificou, inclusive por parte de alguns líderes", continuou ele, sem dizer quais.

apo/vog/lch/msr/me/tt