'Fealq Pela Vida' fará diagnósticos
Foco serão trabalhadores do Agronegócio

Publicado 14/05/2020 20:01:01 - Atualizado 15/05/2020 09:30:27

Da Redação

Objetivo da Campanha é contribuir para segurança das pessoas que atuam no Setor do Agronegócio

Sexta-feira, 15 de maio de 2020
A Fundação de Estudos Agrários 'Luiz de Queiroz' (Fealq) viabiliza parcerias para que a Escola Superior de Agricultura 'Luiz de Queiroz' (Esalq/USP) e o Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP), em Piracicaba, realizem diagnósticos da Covid-19 para trabalhadores do Agronegócio, principalmente das linhas de produção e distribuição de alimentos. A Campanha, batizada de “Fealq Pela Vida”, também capta recursos para exames de pacientes da Rede Pública de Saúde, envolvendo Prefeituras e outras Unidades da USP e da Embrapa Pecuária Sudeste.
Com capacidade para realizar até 570 testes diários em três laboratórios, o objetivo da campanha é contribuir para segurança das pessoas que atuam no Setor e garantem o abastecimento a toda população, além de ajudar a desafogar a demanda por exames na Rede Pública. Para que as Instituições de Ensino e Pesquisa possam oferecer o serviço para iniciativa privada, Associações e Prefeituras, a Fealq formaliza e garante legalidade aos contratos entre os Laboratórios e Organizações que precisam dos diagnósticos.
Os exames de Covid-19 são viabilizados de duas formas. Uma delas é contratação do “Teste Solidário”, modalidade em que a organização interessada adquire a quantidade necessária de diagnósticos para seus colaboradores e doa um percentual para testes de pacientes da Rede Pública, que serão selecionados pelas Secretarias de Saúde dos municípios indicados.
A outra forma de colaborar é a simples doação de recursos, que pode ser feita por meio de depósito em conta bancária da Fealq. A entidade, sem fins lucrativos, faz o repasse para os laboratórios. Se quiser, o doador poderá direcionar sua contribuição a uma das Instituições participantes.
Confira mais detalhes sobre as duas formas de colaboração no site: www.fealq.org.br/pelavida. Além do laboratório coordenado por pesquisadores da Esalq/USP e do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP), em Piracicaba, também participa do Projeto a Unidade da Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos (SP).
A Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA/USP), em Pirassununga (SP), já realiza exames a preço de custo para Prefeituras Paulistas, também em parceria com a Fealq.
“Como Fundação, temos um papel social a cumprir e não poderíamos ficar de braços cruzados em meio à crise que o novo Coronavírus tem provocado e que atinge tanto a vida das pessoas, quanto a Economia e o nosso frágil Sistema de Saúde. Acredito que junto à Esalq, Cena, FZEA e Embrapa, e com apoio do Agronegócio, podemos superar mais rapidamente os desafios da pandemia”, afirmou Nelson Sidnei Massola Júnior, diretor-presidente da Fealq e professor-associado do Departamento de Fitopatologia e Nematologia (LFN) da Esalq/USP.
Por que testar trabalhadores do Setor?
Dados indicam que cada infectado, mesmo sem apresentar sintomas, transmite Covid-19 para até três pessoas, em média, no Brasil. O impacto da taxa de transmissão do novo Coronavírus nas linhas de produção e distribuição de alimentos, além do risco à saúde das pessoas, pode gerar graves prejuízos ao Setor.
Escassez e demora de diagnósticos no Brasil - Estudos apontam a maior oferta de exames como um dos fatores para redução de casos. Significa que, quanto mais testes, melhor o enfrentamento da doença e menor taxa de transmissão do novo Coronavírus. Mesmo assim, poucos Laboratórios realizam diagnóstico no Brasil, o que eleva o tempo de espera pelos resultados e prejudica as ações de controle.
Responsabilidade Social
Ao colaborar com os "Testes Solidários", as empresas do Setor vão proteger seus funcionários e ainda poderão doar testes para pacientes da Rede Pública de Saúde.

Escrito por:

Da Redação

RECOMENDADAS