Últimas Notícias
CONHEÇA O SEU VEREADOR
Acácio Godoy
Eleito novo edil da cidade, iniciou seus trabalhos sociais em pastorais

Por Da Redação

Acácio Godoy: ?Senti durante a campanha que as pessoas queriam renovação, porém, com qualidade, com responsabilidade?

Crédito: DAVI NEGRI

Acácio Godoy: ?Senti durante a campanha que as pessoas queriam renovação, porém, com qualidade, com responsabilidade?

Acácio Godoy, eleito com 1.395 votos, pelo Partido Progressista, é um dos 13 novos integrantes da bancada de vereadores de Piracicaba. Ele inicia uma série de entrevistas que vai revelar a trajetória dos novos representantes do povo na Casa de Leis.
Com forte atuação em movimentos sociais, o comerciante Acácio Geraldo Souza de Godoy, casado, curso superior incompleto, cor preta, passará a compor o quadro de 23 vereadores da Câmara de Piracicaba na gestão 2021 a 2024. Em 2016, obteve 968 votos, o que lhe garantiu a suplência na coligação partidária PP/MDB.
Nascido em Mauá (SP), em 5 de agosto de 1977, e criado em Piracicaba a partir de 1985, Acácio de Godoy fala de sua trajetória de vida e luta, na defesa dos interesses comunitários. O despertar para a política ganhou um sentido por ocasião da perda de seu pai que, na espera por um exame médico, veio a óbito. No mesmo dia do falecimento, os familiares recebiam a informação de que a realização do exame solicitado nas unidades de saúde local seria no dia seguinte.
Acácio relata um pouco de sua história, que se mistura em trabalhos comunitários, em que sobressai a luta por direitos civis, a exemplo dos problemas que ainda hoje afligem a população, especialmente o povo negro.
Filho de Irineu Pinto de Godoy, carpinteiro, morador do bairro Novo Horizonte, e de Maria Neuci Souza de Godoy, costureira, Acácio foi aluno de escola pública a vida toda. Desde menino participava de grupos de jovens, ligados à igreja católica, das pastorais e fazia trabalho coletivo. Casou-se com Maria Erica de Godoy, sendo pai de duas meninas, Brisa Maria Godoy e Vida Elisa Godoy, com 15 e 13 anos, e de Jesus Irineu de Godoy, com 1 ano e 11 meses.
"Comecei meu trabalho comunitário nas pastorais e, depois do casamento, fui trabalhar com a pastoral familiar, fazendo parte da igreja católica, onde tenho o orgulho de ser cursilhista. Minha esposa também é. Passei a trabalhar dando palestras no curso de noivos, participando de encontro de casais e trabalhando com famílias comunitariamente", explica o vereador eleito.
A partir de 2012, Acácio aproximou-se do Movimento Negro, viajando pelo Estado de São Paulo e país na troca de experiências com clubes sociais negros, a exemplo do Treze de Maio, Flor de Liz, 18 de Setembro, onde conheceu remanescentes da Frente Negra. "A partir daí comecei a militar no Movimento Negro, sempre respeitando quem veio antes de mim, quem construiu esta história para que hoje eu pudesse ter voz, sendo uma construção coletiva e permanente."
Dentro desta construção, Acácio passou a ser reconhecido como uma liderança comunitária, promovendo a união com várias lideranças de bairros e realizando um trabalho de levar as demandas até o poder público. "Sendo que quanto mais você trabalha, mais demandas aparecem e você torna-se reconhecido", pontua.
Segundo ele, com este trabalho percebeu a necessidade de ocupar uma posição de decisão, pois o trabalho de liderança comunitária surte efeito, mas tem as suas limitações. "Foi um amadurecimento natural aderir à política partidária e colocar meu nome como candidato".
Empreendedorismo
Acácio Godoy afirma que sempre procurou buscar a redução das diferenças sociais, o combate ao racismo, o combate ao preconceito, sustentando o sonho de ser um empreendedor. Em 2015, abriu mão do registro formal, de carteira assinada, para empreender pela primeira vez, na abertura de um pequeno comércio com a família.
A experiência mostrou que não era o único empreendedor periférico que passava por estas dificuldades, o que o levou a montar um coletivo chamado Universo do Microempreendedor, com o grande apoio da amiga Carol Andrade. "Começamos a levar vários empreendedores, a maioria pequenos e micros e periféricos, para formação, com apoio de instituições como a Unimep, a Faculdade Anhanguera, o Sebrae, a Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, e trouxemos palestrantes com voluntários", conta.
Vida acadêmica
Acácio cursou o Colégio Industrial, o que o qualificou para trabalhar na área técnica como eletrotécnico. No entanto, em pouco tempo descobriu que preferia as pessoas do que as máquinas, passando então a trabalhar na área comercial. Fez gestão pública, área que já era uma paixão antiga, o que lhe fez migrar para o curso de direito, que está concluindo pela Unimep.
Teve sua formação política dentro da própria igreja católica, junto ao Mandato Coletivo, em proposta do ex-vereador e vereador eleito para 2021-2024, Paulo Camolesi. Participou do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, Comissão Municipal de Emprego e Renda e de comissões locais de saúde.
"O PP em Piracicaba tem um grande nome de referência, que é o Capitão Gomes”, diz. Segundo ele, o partido não tinha o progressista somente como sigla, prega por uma visão progressista, defende sim uma política, mas sem deixar ninguém para traz, respeita a finalidade social de cada proposta, defende propostas que geram rendas, emprego, promovendo a igualdade social e de oportunidades.
Acácio destaca ainda o legado histórico e de referência do PP, na figura do ex-vereador e ex-presidente da Câmara, o advogado Antonio Messias Galdino, um dos precursores do partido na cidade e que atualmente integra o corpo de assessores do vereador Capitão Gomes.
"Eu só estou eleito e faço parte do Movimento Negro porque alguém veio antes de mim. Então, estas conquistas elas nascem muito antes de eu ter entrado no processo de militância, mas, eu sou um defensor delas, quero avançar com elas”.